INSTABILIDADE

Ontem foi um dia de pensamentos. Foi uma onda de perturbação emocional muito grande. A terra vibra e esta onda, esta massa, não está sendo dispersada para fora. Este acumulo de forças está trazendo um desequilíbrio no sistema psico-espiritual. Ninguém mais está aguentando esta descarga do plexo para os chacras.
Quando a natureza não pode estabilizar normalmente a tempestade varre com força para proporcionar a cura dos seres. O vento forte modifica o padrão dos corpos atenuando os conflitos sociais que podem arrastar este medo para as armas. Consequentemente estaremos vivendo uma desordem pela força de um poder avassalador.
A terra é a promessa da nova era, do terceiro milênio, mas o povo ainda não acordou para suas responsabilidades com suas heranças transcendentais. As heranças estão vindo com mais intensidade e vai sobrepor a esperança. Vai regular as juras que ficaram esquecidas pelo testemunho da verdade.
Foi, então que, recebendo esta descarga magnética da terra, sim, as vibrações se horizontalizaram pois os portais verticais não estão dando conta desta influencia negativa. Muitos portais ainda se mantem abertos fazendo sua parcela de desintegrar esta corrente sofredora. Sofredora encarnada que vive seus momentos dramáticos no conflito de não saber qual lado ou notícia se apegar.
A noite dos zumbis. Espíritos saindo de suas couraças sem energia, sem luz, sem amor. Zanzando nas ruas como mortos vivos. Uns gritam outros emudecem, mas os vampiros estão sobrevoando os leitos dos adormecidos.
Eu fiquei observando a reação destes condenados a viver assim. Sem conhecimento do sistema cristico, sem abrir seus corações, tudo materialmente dominado pela inverdade. A que ponto vamos chegar sem conhecer a nós mesmos. O mundo está em colapso e nada mudará enquanto cada um ficar ruminando suas dores sem nada fazer para curar-se.
O sol não brilhou esta madrugada pela espessa nuvem gelada. Cada cobertor será pouco nesta situação. O dia está virando noite. A lua de prata se escondeu. Agora resta o sol (+) e a lua (X) vibrarem para mudar esta conjuntura crescente e torna-la decrescente, sem efeito na decisão de mudar este planeta antes que seja tarde demais. Não é uma carta de reclame e sim de avaliação pelos espectros enunciados.
A avareza do eu superior impondo ao eu inferior à sua destruição. Esquecem que todos são partes iguais de diferentes contextos. Para se entender a melodia tem que soletrar o hino para criar o som que vai alimentar os pensamentos. Se este som não ultrapassar as barreiras do infinito ele não gera conteúdo significativo e perde seu valor.
As palavras tem poder de mudar o sentido das vibrações. Conforme elas são emitidas demonstram a real intensidade do pedido, ou objetivo que se propões naquele momento. Pode ser de alegria, de tristeza, de ajuda ou de defesa. O momento que cada um vibra na intensidade do seu coração.
O viver a noite e o dia requer conhecer a si mesmo. Não adianta sair correndo sem direção.
Salve Deus!
Adjunto Apurê
An-Selmo Rá
17.06.2020

× Contato!
Pular para a barra de ferramentas