SAUDADE QUEBRADA

SAUDADE QUEBRADA
– Então porque não segurou sua língua para permanecer unida em verdade e não pela saudade!
Eu recebo aqui as lamúrias dos desencantos que assentam no intimo das individualidades. Este pranto dos conflitos marcam a intolerância em conviver com os demais. São choros profundos marcados pela dor de não respeitar a vida cercada de amigos, tornando em espinhos pontiagudos.
Esta mulher chegou aqui pedindo para voltar. Sua solidão quer afrouxar sua mente para o chicote, língua, fazer seu trabalho de víbora. Toda serpente analisa ao seu redor com sua língua preta. Quebrou os cristais em mil partes desiguais. Cada cristal é diferente, pois nele ficou gravado uma triste história. Eu não confio nesta que mansamente chega se fazendo melhor.
A insistência comunicativa deixou profundas marcas nesta vida. Desafeto, pura maldade, conflitos, desnecessários para permanecer no conjunto doutrinário.
O afastamento nos libertou da necessidade de convivência. Nós temos um compromisso com nós mesmos e não com a multidão que caminha sem rumo.
Mais choro, arrependimento, não é verdade, eu não confio. Todos sabem que o galo cantou três vezes dando chance do discípulo mudar seu testemunho e não o fez com medo da morte. Ela teve três tempos de refletir e continuou fazendo a mesma coisa.
_ Mestre eu quero voltar, eu preciso voltar!
_ Fique aonde você está! Não crie mais dívidas!
O choro dos sofredores encarnados é pior que dos desencarnados. Os desencarnados já acostumaram a viverem na solidão, os encarnados não.
Relógio que atrasa não adianta. Médium que se atrasa perde seu caminho.
O grande limiar, já devem ter ouvido os mentores falarem, pois bem, que cada um escute com atenção. Mas que cada aparelho fale na mesma voz as mensagens do céu. Torre de Babel, dali todos saíram perdidos e cada um falando outra língua. Assim eu vejo as mensagens chegando em várias sintonias diferentes.
A mesma mensagem sendo traduzida na forma do entendimento.
Assim, eu deixei claro, na casa do nosso pai existem muitas moradas. Se aqui não está contente existem muitas outras de portas abertas. Eu não afasto ninguém, deixo por conta dos mentores. Acho que o carma foi queimado e por isso o médium vai procurar outros em outros lugares.
Agora, depois do galo cantar três vezes, eu não posso aceitar a minha condenação. Eu sei de tudo, pois o espírito deixa rastros que marcam o caminho. Muitos eu apaguei e outros deixei como forma de ensinamento.
Muito fácil julgar. Ninguém aceitou o Divino Mestre, imagine eu, um sofredor encarnado. Hoje eu sei o que é meu, como me disse Koatay 108: Meu filho, segure o que é teu.
A energia positiva afasta a negativa. Se eu estiver positivo tudo que for negativo vai pipocar. Negativos se atraem como também os positivos.
Sei que é necessário haver o equilíbrio da balança negativa e positiva, mas cada qual respeitando seu espaço.
Ela parou de chorar e já partiu para o ataque. O fingimento do choro foi para eu abrir a guarda, seria como o cavalo de tróia, ser massacrado por dentro.
Assim que cada um carregue sua cruz.
Salve Deus!
Adjunto Apurê
An-Selmo Rá
02.05.2020

× Contato!
Pular para a barra de ferramentas