O QUE VOCÊ QUER AQUI…

O QUE VOCÊ QUER AQUI…
O desenvolvimento é uma escola ligada aos três reinos de nossa natureza. É uma coisa muito fina que transborda pela sensibilidade atingindo a intelectualidade. Não precisa ser um filósofo para compreender os ensinamentos, basta ter consciência.
Eu estava no radar de comando do desenvolvimento quando um espírito chegou. Um sofredor, e ele não poderia estar ali naquele momento, mas entrou. Foi uma discussão mental entre nós dois, pois poderia provocar incidentes que levaria a dor. Eu controlei tudo até quase no final das aulas, mas chegou um momento que a radiação foi tanta que atingiu meu plexo. Comecei a sentir calafrios, suor frio, mal estar, mas não deixei chegar nos médiuns. O homem era esquisito e veio acompanhando alguém. Não foi permitido trabalho desobsessivo, somente cura e passe.
Nós temos responsabilidade com o corpo mediúnico e não podemos deixar uma interferência desta chegar no templo. Eu saí sentindo os efeitos desta radiação negativa e vingativa.
Apesar de nossos plexos suportarem as cargas diversas nós somos diferentes uns dos outros. Uns sentem e outros não.
Cada espírito veio predestinado a seguir um caminho e ninguém sabe e nem pode julgar como se fosse dono da verdade.
Só teve uma clarividente para mostrar o caminho.
Com o tempo dentro do espaço infinito as mediunidades vão se alternando e alterando seu padrão conceitual. Para quem não compreende nem a si mesmo fica difícil compreender os valores hora citados.
Trabalho encerrado. Não posso deixar o espírito assediar os médiuns. Se isso acontecer nós perdemos as rédeas desta corporação. Muitos estão politicando a doutrina como se fosse seu braço. Eu vejo o perigo deste braço ser decapitado para mostrar que ninguém é dono de ninguém. Hierarquia foi o que tia falou, lembrando que a escada termina em certo ponto, depois não tem mais degraus para subir.
Somente dos céus ouvireis.
“Não troque sua liberdade pela escravidão da vaidade”.
Salve Deus!
Adjunto Apurê
An-Selmo Rá
19.04.2020

× Contato!
Pular para a barra de ferramentas