IEMANJÁ

IEMANJÁ
Assim, o dia foi de muito trabalho na manutenção do templo. Pintura, corte de grama, matos, e no final a bênção de nossa mãe Iemanjá.
O mar serenou, as princesas chegaram, as sereias cantavam, tudo ficou na paz do senhor.
Quando Iemanjá chegou tudo mudou, o céu azulou e os reflexos criaram uma linda paisagem. De dentro das ondas nas pedras com força batiam como entoando um canto sutil. Forças se projetaram curvando nossas cabeças em respeito ao criador. Eu busquei nas estrelas do mar a contagem fazendo fluir de cada coração os sentimentos mais puros deste universo.
IEMANJÁ abençoou todos deste compromisso.
Salve Deus!
Adjunto Apurê
An-Selmo Rá
15.04.2020

× Contato!
Pular para a barra de ferramentas