TERRA ÁCIDA

TERRA ÁCIDA
Mergulhei fundo nas entranhas da terra. Fui conhecer as reservas de água doce do planeta. Complicado, muito dissabor em ver que a acidez está aumentando. Nossas águas subterrâneas estão sofrendo um processo comprometedor que está tornando inviáveis ao consumo. Não posso afirmar se é pela sedimentação da terra ou algo de escala maior.
O ph alto corrói até os metais que vão diluindo e se misturando.
De onde eu estava, olhando para cima, a infiltração das chuvas passavam pelo filtro sem haver purificação. Parecia que a terra estava perdendo esta condição selada e se tornando fofa. As águas estavam passando sem terem as barreiras das impurezas. Tudo estava vindo das nuvens carregadas de acidez.
Quando eu subi tinha um jovem me esperando, ele fora abandonado por sua mãe e criado por outra mulher. Ele nunca deixou de procurar, porque seu sonho é conhecer sua origem. Só que ele está desencarnado, pertencia a um grupo de pessoas que se reuniam em uma seita. Eu digo desencarnado porque está ausente do mundo físico. O uso de uma erva destruiu seu habitat, a morada do espírito. Agora, sem condições neurológicas ele prefere estar mais sem seu corpo físico. Seu espírito está largado, sua psique afetada. A base de barbiturico sedando a matéria primitiva orgânica. Para morrer não falta nada, pois não tem apego ao seu eu exterior.
Eu conversei com ele sabendo que ele está sedado esperando o desfecho final. Sua porta está semi-aberta só que ele não sabe como desencarnar. Não consegue promover a separação, pois está catatônico.
O que ele me pediu ajuda foi para conhecer sua mãe biológica. Eu vou pedir ao pai Seta Branca que abra esta porta e tudo se revele.
Voltei. A vida no mundo espiritual é cheia de mistérios e os seres humanos não estão dando devido valor ao que conquistaram. Estão se matando sem ao menos ter idéia do que os esperam do outro lado. Famílias inteiras perdendo suas encarnações para viver um momento de prazer.
As ervas curam e também matam. A ciência usa para curar, as seitas para usufruir dos efeitos alucinógenos. Cuidado, depois que separar ninguém mais une.
Fico por aqui esperando que todos conheçam a si mesmos.
Salve Deus!
Adjunto Apurê
An-Selmo Rá
10.03.2020

× Contato!
Pular para a barra de ferramentas