OBSESSOR – PARTE DOIS

OBSESSOR – PARTE DOIS
Reavendo os caminhos do obsessor cheguei na causa desta cobrança.
O obsessor era um ajanā do amanhecer que desencarnou por ter desrespeitado a lei do amanhecer. Misturou tudo, outras linhas, bebidas, pouco caso com as orientações que lhe dava. Ele havia ficado aqui por muitos anos na esquina do vale. Até que um dia já cansado veio para se libertar, mas não de sua mulher. Ele foi atrás dela que mora em Irati. Foi esta mulher que veio pedir ajuda. Ele está cobrando o seu desencarne. Virou obsessor dela.
Vejam, a falta de conduta doutrinária pode levar um jaguar ao caminho mais triste deste mundo. Quando eu passava em frente a sua casa ele levantava sua latinha de bebida. Agora ele está revendo tudo que perdeu, mas o obsessor é cego, só tem olfato.
Vejam, jaguares, vejam onde e como termina uma missão.
Salve Deus!
Adjunto Apurê
An-Selmo Rá
04.03.2020

× Contato!
Pular para a barra de ferramentas