CONTRATO COM HORA MARCADA

CONTRATO COM HORA MARCADA
Cada ser encarnado assinou um contrato e nele tem sua hora marcada para todos os acontecimentos.
Eu recebi esta noite muitos jaguares que aqui iniciaram suas mediunidades e por acaso do destino traiçoeiro resolveram seguir outra estrada. Foram levando um pouco de mim nesta longa estrada da vida e sem saber a verdade entraram pela porta das inverdades. As inverdades que machucam a alma, pois quando se quer destruir um caminho inventam calúnias que destrói os laços de compreensão.
Eu fico no meu cantinho vendo o desenrolar das prerrogativas que se acham no direito de inventar. Agora, esta noite vieram seus espíritos buscar respostas para o que não estão encontrando em outros lugares.
_ Porquê! Para saber e depois sair daqui do mesmo jeito!
Muitas verdades foram escondidas da raça humana para que ela aprendesse a se conhecer. Mas em verdade eu digo que muita água passará pela ponte seca levando os desejos. Nada restará senão a porta do retorno.
Como é difícil o ser humano que não cultiva a sabedoria da evolução. Prefere ficar preso na insurreição das más línguas a que se libertar da escravidão social.
Eu recebi como irmão todos que retornaram aflitos, não só eu, mas minha ninfa com seu grande coração estava servindo aos que partiram com endereço certo, pois seus destinos estão amarrados aqui onde tudo se iniciou.
A pior dor de um encarnado é se promover na desgraça do próximo. É fazer tudo para denegrir a imagem para levar vantagem na obsessão ao poder.
Agora, os espíritos presos as suas dores vem pedir ajuda. Retornam a origem de seus caminhos porque não estão encontrando o que procuram.
_ Mas, e depois, vão sair daqui do mesmo jeito!
A raiz do esclarecimento não se encontra assim sem que uma porta seja aberta e só quem abre tem a chave certa.
Muitos espíritos vieram junto com este povo rebelado. Espíritos mentirosos e manipuladores. São como chacais atuando para serem piores seres vestindo suas peles de fantasia. Eu fiquei observando e quando chegava perto o lobo saia de sua couraça e começava me injuriar.
Triste situação dos encouraçados jaguares que se prenderam pela falta de amor. Ninguém ouviu a mensagem de Aruanda e nem se deixou limpar pelas águas que traziam o recado das matas.
O contrato foi assinado e muitos estão chegando ao fim. Não sabem como fazer um adendo para prolongar. Eu poderia até ensinar, mas pra que, para ao sair cuspir de novo. Este povo deverá caminhar muito pelos carreiros dos ventos uivantes até que se esclareçam da verdade, a raiz.
Eu vi cada jaguar e ninfa aqui se consultando com o espírito da verdade. Seus contratos estão sendo cobrados.
Boa sorte aos que desacreditaram na verdade e preferiram as inverdades como lema de missão. Nenhum deles pediu perdão.
Salve Deus!
Adjunto Apurê
An-Selmo Rá
27.02.2020

× Contato!
Pular para a barra de ferramentas