MESTRE! AJUDE-ME…

MESTRE, AJUDE-ME…
Salve Deus!
Uma mãe desesperada com seu filho drogado.
Era de manhãzinha já quando ela entrou no meu padrão, chorando, sem esperança, com seu coração dilacerado.
_ Mestre, ajude_me pelo amor de Deus! Não sei mais o que fazer, perdi minhas forças de mãe! Sei que ser mãe é uma bênção de Deus, mas ser mãe da dor é que está me matando!
_ Calma minha irmã, vamos aos fatos coisas que muitas vezes não quer ouvir! Vi que muitas vezes deixava seu filho a mercê dos seus pensamentos, de suas amizades! Se preocupava com sua aparência, com sua vaidade! Sua família pedia atenção e você procurava um espelho! Qual imagem você via, já que muitos espelhos são ilusionários e não mostram a verdade! Tudo no espelho parece mais claro, não se vê defeitos! Se vê uma nítida imagem do que não é! É como num deserto que após dias vê as miragens que te levam mais longe! Sem água da vida morre secando seu suor!
Eu fui falando justamente o que ela não queria ouvir, porque seu filho entrou neste caminho pela solidão familiar. Foi a única forma de ser visto.
Mesmo assim senti nela um verdadeiro amor tardio. Então os drogaditos estavam atacando e fazendo alaruê na vida deste lar. Houve uma abertura, um convite, uma aceitação. Quando se experimenta uma vez e perde o medo da verdade não existe volta, existe paliativos que serão cobrados 24 horas por dia. A grande fuga para o eu interior através das drogas prejudica as funções psíquicas e altera o sistema biológico fazendo o corpo acreditar que tudo faz parte da necessidade física.
Ao desabafar no silêncio mental eu a ouvia claramente seus ais. Como ajudar sem que siga os instrumentos da medicina moderna, psiquiatria, pois somente com outros componentes químicos o corpo se desprendera da droga. Principalmente quando queimam os neurônios fazendo a perda voluntária de funções psíquicas como o medo. O medo é a segurança que os encarnados tem na sua constituição. É pelo medo que a consciência reage. Sem medo, sem consciência.
Explicando para esta mãe a forma de atuação desta falange de drogados ela conseguiu entender o seu papel de responsável por aquele espírito. Com os trabalhos espirituais e ajuda da medicina da terra poderá conseguir seus desejos. Não podemos interferir no desejo, mas podemos inibir que ele se forme.
Cuidem de seus filhos antes que um traficante os adote. Hoje a modernidade das drogas está muito fácil de conseguir, basta estar deprimido, depressivo, basta procurar. Mas meu conselho é não cair nesta armadilha do destino infernal. Quem tem dependentes sabe que sua vida na terra acabou, vai sempre estar preocupado. Não haverá paz e nem sossego, então, não deixe isso acontecer.
Hoje teremos atendimento no templo para no ritual formar nossa linha mestra e trazer do céu as bênçãos do astral superior. São energias tão puras e cristalinas que revestem os corpos, tanto o físico como do espírito.
Conversei com esta mãe que já mais calma deixou seu coração dependurado aqui. Foi embora sabendo da grande luta que a espera. Mais fortalecida agora saberá como agir.
Boa sorte!
Salve Deus!
Adjunto Apurê
An-Selmo Rá
26.02.2020

× Contato!
Pular para a barra de ferramentas