NINFA JAGUAR

Neiva Chaves Zelaya

NINFA JAGUAR
Este momento de apreciação eu venho falar uma passagem num campo de batalhas. Falar sobre as guerreiras de Seta Branca. Estas mulheres tem uma força que nenhum homem acredita ter. Quando em harmonia elas ajudam os soldados em suas batalhas pela vida. Agora, não pise no calo, porque elas tem um diferencial, não se dobram e nem esmorecem. Quando uma ninfa jaguar toma uma decisão ela pode até voltar atrás, mas não será a mesma.
Neste campo de batalha eu via os soldados feridos e elas socorriam com coragem. Homens destemidos da morte, homens rudes, homens primitivos.
Ao recolherem as armas daqueles que não voltariam mais ao campo de batalha eram levadas para as aldeias e lá um ritual de purificação. Tirar destas armas os efeitos da morte. Os corpos padeciam no campo enquanto os gritos de saudação aos deuses ecoavam pela terra.
A terra e seus tripulantes. Cada origem humana tem uma dor para resgatar. Um dia veremos os homens abraçados a uma nobre causa, o amor incondicional. Quando este dia chegar veremos o céu e a terra bem juntinhos. Cairão as tradições da morte e a vida terá paz.
Não ignorem as ninfas do amanhecer.
Salve Deus!
Adjunto Apurê
An-Selmo Rá
30.01.2020

× Contato!
Pular para a barra de ferramentas