VISITA

VISITA
Um dia, sem esperar, chegou na humilde casa de Seta Branca um jaguar moreno. Ele trabalhava para o General Figueiredo, e veio para Curitiba para atender ao presidente. O templo era em Curitiba, Novo Mundo. Quando ele chegou viu nossa luta na simplicidade de trabalhar em chão de terra varrida. O templo era muito simples, feito de madeiras com lonas plásticas. Foi ali que recebemos a luz do evangelho.
O jaguar veio em missão presidencial e tão logo recebido agradeceu por tudo. Tinha hora programada para voltar. Nunca mais tivemos notícias dele.
Eu lembro de uma mensagem do Pai Seta Branca para Tia Neiva.
“Filha! Eu quero um templo bonito para que meus filhos ricos possam se sentar!
Nesta mensagem entendemos que o jaguar humilde senta em bancos simples. Agora, depois os ricos jaguares compreenderam a verdade e passaram a fazer parte da humildade.
Hoje todos sentam sem medo de serem felizes.
Os filhos de Seta Branca são muito felizes.
Salve Deus!
Adjunto Apurê
An-Selmo Rá
21.01.2020

× Contato!
Pular para a barra de ferramentas