CATALEPSIA – parte dois

CATALEPSIA – parte dois
O resultado apareceu em meu braço. Hematomas pela energia daquele povo. Eles produzem uma energia nativa e não tendo controle ela gira descompassadamente atingindo tudo e todos. Eu até não havia visto, senti meu braço travado na região, e ao longo do dia foi ficando roxo.
Não foi batida, não ergui peso, não machuquei e não foi inseto. Simplesmente apareceu ao longo do dia.
A ação de libertar o obsessor da criança criou uma reação física. Estes cuidados que devem ser tomados para não atingir o físico, porque ao lidarmos com energias nem sempre aquela energia cura, ela pode adoecer. A energia curadora é filtrada, ela passa por processos de limpeza antes de ser aplicada ao paciente. Nós somos o filtro pelo processo da técnica de assimilação e distribuição. Então porque eu fui agraciado com este hematoma! É porque eu estava no mundo espiritual, inconsciente, não semi consciente, eu fui como um condutor. Muitos chamam de duto, mas não tem um nome específico, você simplesmente é um canal de recepção ou transmissão. Eu recebi toda aquela carga daquela louvação e pelo canal sensorial ela chegou no meu corpo. Foi um contratempo de não ter fechado minha porta ao sair. Vivendo e aprendendo.
Minha esposa é filha me levaram para o hospital, uma consulta com cardiologista, mas está tudo bem, nada sério.
Esta noite já é outra história, outra missão, outra situação.
Salve Deus!
Adjunto Apurê
An-Selmo Rá
27.12.2019

× Contato!
Pular para a barra de ferramentas