ORIGENS

Neiva Chaves Zelaya

ORIGENS
É, como tudo é interessante, as origens espirituais.
Hoje minha origem tumuchy trazendo outra origem cigana. O grande tumuchy proporcionou este reencontro dos velhos contemporâneos. Tudo vai se resumindo na perfeita obra que é a liberdade de ir e vir, pois Deus na sua infinita bondade não condena ninguém.
Este reencontro foi uma parte de dois caminhos desiguais, um em cada época, mas os dois formando a continuidade da vida. O além do além. O povo tumuchy são espíritos luminosos de grande hierarquia e trouxeram este povo cigano para se libertarem, me libertarem. A consciência do homem que sabe o que quer.
Alguns espíritos vivos passaram, outros desencarnados, outros na imensidão do destino vibrando pela evolução. Os povos ciganos foram os que mais se endividaram em suas encarnações porque tudo se resumia na pretença liberdade. Tudo que é demais acaba estragando o destino.
Hoje eles receberam dos tumuchys o passe para voltar as suas origens. Então, duas origens que me acolheu nesta caminhada.
Eu era um dos 21 tumuchys que agora teve que encaminhar o meu povo cigano. Maravilhosa esta instrução que somente este amanhecer nos transmite.
Este trabalho de angical foi o reencontro de duas origens no presente momento.
Salve Deus!
Adjunto Apurê
An-Selmo Rá
16.12.2019

× Contato!
Pular para a barra de ferramentas