VIOLÊNCIA

VIOLÊNCIA
A violência na terra não leva a nada, somente distorce a paz.
Mas, e a violência dos espíritos! Eu assisti um quadro terrível onde espíritos estavam em pé de guerra. O mais engraçado que eu os via como sombras pretas no chão. Foi uma luta espiritual muito triste e pela primeira vez eu vi esta forma de atuação, assim, desta maneira.
Eram sombras. Não dava para descrever o que era aquilo, eles vinham de baixo e se atracavam violentamente. De onde eu estava fiquei com medo e receio, nem piscar eu piscava.
Eles estavam tão cegos pela dor que não viam outra coisa. Pareciam soldados enfrentando soldados.
Fechei meus olhos lá e os abri aqui no leito físico.
Muitas vezes não nos transportamos, somente vemos pela janela temporal. É diferente, existe segurança e não somos vítimas destas organizações maléficas.
Para um médium dominar esta técnica é preciso ter consciência de tudo, como me disse vovó de Angola, minha ama seca, muitos espíritos te procuram. Pai João de Aruanda veio e falou sobre a consciência plena, quem tem vive um grande dilema, porquê vive entre a vida e a morte.
Depois que o preto velho cortou os fiozinhos da minha cabeça eu senti mais paz, parecia que cada fio do meu cabelo estava ligado as mentes. Engraçado é você se ver, eu parecia um extraterrestre, sabe quando você se liga na energia estática e seus cabelos perdem a gravidade, assim eu estava elétrico.
Muitas coisas os jaguares desconhecem, pois vivem somente terra, vivem a força material.
Fechei minha janela temporal e entreguei nas mãos de Deus.
Salve Deus!
Adjunto Apurê
An-Selmo Rá
11.11.2019

× Contato!
Pular para a barra de ferramentas