PROCEDÊNCIA

PROCEDÊNCIA
Hoje muitos vieram comigo para fazer uma avaliação.
Quando falamos espíritos sem procedência é porque ele reencarnou na terra como um animal e nunca buscou sua origem espiritual. Vive a sua faixa carmica e não procura desvendar seus enigmas.
Esta madrugada vieram aqui comigo muitos espíritos querendo saber suas procedências e deu um trabalho danado, porquê muitas vezes vêem somente por curiosidade e depois caem no ostracismo de sua ignorância. Este isolamento ou afastamento causa muita dor no eu interior fazendo o indivíduo ser cada dia mais sofredor em sua encarnação.
A procedência espiritual é como um bálsamo que enriquece os seres humanos, mas só vai descobrindo ao passar de sua evolução. Não é da noite para o dia, mas através do trabalho incessante, como disse Seta Branca, somente assim haverá libertação da consciência.
Nós vivemos em uma democracia cristã, onde todos tem seus ideais e ninguém pode julgar alguém pela sua conduta. Nós respeitamos as oposições, mesmo sendo do nosso círculo vital, sabendo que dos céus ouvireis. Cada pessoa tem sua ligação temporal com suas vitimas do passado e sem saber carrega uma barreira em seu destino carmico. Quando se defende uma causa, ou motivo, deveriam conhecer o porquê e ir se aprofundando na avaliação das consequências que o fizeram assumir uma roupagem milenar.
Eu digo, eu não carrego a cruz dos outros, a minha é tão pesada e também não corto nem um milímetro dela.
Quando se vive uma paixão ideológica por vários motivos e ângulos, é porque viveu no apogeu desta fascinação. Vivemos um período abrangente e não enxergamos a nós mesmos. Temos fascinação reprimida que aos poucos tentamos expor na grande vitrine do além, mas somos parciais na escolha.
Nós vivemos a história das grandes cruzadas e ficamos presos aos comportamentos. A principal e mais marcante foi do Cristo, onde as traições marcaram o caminho.
Muitos espíritos daquela época vieram para esta avaliação. Foram um por um contracenados no grande palco da humanidade.
Ao conhecer os preceitos da vida espiritual na grande arquitetura da existência entre dois mundos os pensamentos fluíram como o desabrochar de uma rosa chegando a perfumar o ambiente.
A grande escola da vida iniciática está dentro de nós mesmos, basta ter a chave e conhecer qual porta.
Eu conheci todos que vieram comigo, não aqui, mas no mundo encantado de Seta Branca, o Simiromba de Deus. É lá que hasteamos nossa bandeira. É um mundo a parte, é o mundo do jaguar, o nosso cantinho.
A terra está vivendo um conflito muito grande, estamos vendo o reboliço dos sem procedência exaurindo paixões reprimidas, coisa que ficará na terra mesmo. A única coisa que levamos daqui é o conhecimento da verdade. Somente a verdade nos libertará, disse Jesus. Agora, viver um mundo de mentiras nós já vivemos, e cada dia mais enganações surgem para atrapalhar a evolução.
Vivemos o nosso eu.
Salve Deus!
Adjunto Apurê
An-Selmo Rá
09.11.2019

× Contato!
Pular para a barra de ferramentas