SEU TRANCA RUA – PARTE 94

SEU TRANCA RUA – PARTE 94
A saudade machuca a alma.
Depois de anos após o desencarne de sua irmã ela veio esta noite me procurar.
_ Fernando! Sabe dizer como está minha irmã! Estou com muita saudade dela!
_ Faz tempo que não a vejo! Depois que ela saiu do templo e seu marido a levou para uma igreja evangélica, o elitrio subiu, vindo a óbito, ela veio umas duas vezes pedindo ajuda e perdão! Era uma boa esposa, uma mulher digna, filha de Seta Branca!
_ Me traga notícias dela! Estou no mesmo endereço aqui em Campo Largo!
_ Salve Deus!
Eu fiquei lisonjeado por ela ter vindo me procurar. Esta cidade ainda é um diferencial na terra, muitos encarnados ainda se mantém na mesma situação das cortes. Não pisaram ainda no solo porque não gostam da simplicidade.
Esta mulher é uma senhora da alta sociedade, mas sua irmã também era, mas tinha um diferencial, ela amava aqui, quando vinha no templo ela era a mulher mais feliz deste mundo. Conversávamos muito com ela, fomos seu oráculo, eu e minha ninfa.
O destino muitas vezes é muito cruel com as pessoas, mas nos trás lindos ensinamentos através da vida. Quem pode viver este momento que aproveite o máximo esta transição, se evolua, não perca tempo em querer descobrir os motivos antes do tempo, tudo virá na hora certa.
Foi então que vendo seu estado emocional abalado eu lhe apliquei um passe, só que o passe no espiritual é a infusão da energia pelo toque no espírito. Com minha não direita levemente coloquei em sua testa, foi realmente bacana, foi como um choque, a energia fluiu de minha mão para seu espírito e ele se iluminou. Ela foi levitando como se estivesse sem força gravitacional, até que parou na horizontal, adormeceu e assim foi levada de volta para seu corpo físico. Muitas vezes o espírito se desloca muito rápido parecendo estar caindo do alto. Desta vez ela foi sendo reconduzida suavemente.
Campo Largo, Campo Largo, até quando viverás adormecida!
A nova era está começando, será o caminho para o terceiro milênio.
Será preciso que a dor seja mais forte que os desejos. Sem amor o sofrimento será terrível. Não o amor carnal, mas o amor de Deus.
Salve Deus!
Adjunto Apurê
An-Selmo Rá
04.11.2019

× Contato!
Pular para a barra de ferramentas