ESPÍRITO VINGATIVO

ESPÍRITO VINGATIVO
Que susto.
Eu estava em uma missão quando aconteceu algo, um desajuste espiritual. Um espírito de um homem, sim, temos espíritos masculinos e femininos, estava tão revoltado que ele não andava no chão, ele se prendia na estrutura do telhado. Eu olhava de baixo, só que ele queria desmontar a cobertura, andava de um lado para outro. A intenção dele era destruir, acabar, em particular mostrar sua autoridade. Era muito alto, eu pensava que poderia ajudar, mas ele não escutava. A única coisa que pude fazer é aconselhar doutrinariamente para perdoar, para largar mão, deixar que tudo se resolve pela espiritualidade.
Para mim, aquele espírito com toque esquizofrênico não tem sentimento, ele faz pela imposição e não por amor. A necessidade de mostrar seu poder ele conseguiu retirar uma guia da estrutura, mas não caiu, ficou presa entre as telhas. Isso o deixou mais revoltado, ele bufava de ódio, porque tudo está indo contra sua arrogância.
Nós temos que conquistar os corações pelo amor e não pela violência. Vimos a história de Tia Neiva, ela foi aclamada tanto na terra como no céu. Ela se fez amor, como era também a lei, mas nunca desrespeitou um jaguar.
De tanto eu olhar para cima tentando apaziguar aquele homem me deu tontura, minha cabeça rodou, mas logo me conduzi pela energia e tudo se reequilibrou.
Desisti. Que seja o que Deus quiser. Se ele cair ou machucar alguém será de sua inteira responsabilidade.
O motivo desta desordem em que espíritos milenares estão saindo de suas couraças e tentando destruir de dentro para fora é o poder abstrato. O Pai não interfere, ele deixa por conta do livre arbítrio, ele respeita, mas quem vai arcar com suas consequências será quem promulgou a discórdia.
Vim embora. Que cada um arque com suas consciências seus desafetos. O respeito não se impõe, se conquista.
A intolerância está dentro de nós mesmos.
A tolerância, jaguares, deu asas para a intolerância mediúnica. Humildade deu vazão a humilhação, ao poder da riqueza, do dinheiro.
O jaguar está se perdendo novamente por coisas materiais.
Salve Deus!
Adjunto Apurê
An-Selmo Rá
29.10.2019

× Contato!
Pular para a barra de ferramentas