SEM ENERGIA

SEM ENERGIA
Um médium apara sem energia não consegue incorporar direito.
O espírito chegou aqui e foi sugando tudo que tinha direito. Fomos para o templo, manipular, mas o corpo físico sem energia não abriu a incorporação. Como foi difícil, nem incorporado e nem desincorporado, fica num transe mediúnico e só faz sofrer o médium.
Não teve jeito, encerrei os trabalhos e voltamos, agora no transporte pelo sono buscar a reparação do eu interior.
Diria que seria como um sono cultural, aonde o médium vai buscar nos planos espirituais a sua cura, a energia que alimenta os três reinos espiritual.
Ao espírito se deslocar do físico as células vão interagindo, vão se transformando, realinhando. É como pequenas células que vão se infiltrando nos tecidos pela pele. Elas grudam e vão sumindo, entram na circulação.
Diria ser o prana, mas para os iniciados é muito mais, é a fluidificação, energia extra-etérica.
O espírito adormecido sem energia vai sendo moldado e começa a brilhar. A infusão desta corrente magnética suave, sem choques, alimenta o espírito.
Assim está ocorrendo neste exato momento, a transfusão espiritual.
Seriam como pequenos fios luminosos ligados ao corpo físico e astral. Não se sabe de onde vêm, mas sabe onde chegam.
O espírito foi desmaterializando e deixando o apara recobrar suas forças mediúnicas. Sem força o apara sofre o arraigamento traduzindo em sofrimento.
Salve Deus!
Adjunto Apurê
An-Selmo Rá
28.10.2019

× Contato!
Pular para a barra de ferramentas