SUGADO – Parte dois

SUGADO – Parte dois
Assim se confirmou.
Estávamos na abertura dos trabalhos quando uma nuvem negra entrou. Os caveiras vieram em peso, não queriam deixar os trabalhos serem realizados. Houve interferência em tudo, tronos foi mais atuado. Foi preciso abrir um milenar para passar este homem caveira. Ele veio atrás de um filho de Seta Branca. Não queria conversa comigo, mas o grande jaguar incorporou depois da passagem dele e trouxe luz aos trabalhos. Vocês conhecem esta entidade jaguar, sim, um poder desigual, pois nem esta falange do exu caveira o conhecia. Quando ele tomou o aparelho a sua autoridade impôs lei e ordem.
Jaguares, cuidado, muito cuidado com as mistificações, espíritos sem luz se passando por entidades de luz.
Aqui eu fico em cima do mestrado, fico atento, não deixo ninguém se envolver com coisas desconhecidas.
Quando a nuvem negra passou pela via sagrada eu fui acompanhando ela. Tudo isso começou nesta recepção nos planos espirituais. Eles vieram sugar nossas energias. Isso pode acontecer sem ninguém esperar, onde nem imaginam. Um trabalho sem sintonia, sem ter a mediunidade aberta vai pegar muita gente desprevenida.
O grande Jaguar, este sim, um espirito altaneiro. Eu não permiti entregar meu povo de bandeja.
No final do atendimento, depois da palestra que fazemos para tirar dúvidas do ocorrido, o povo das águas foram chegando. Ao simples toque das mãos eles incorporaram. Foi muita energia manipulada para refazer os plexos dos médiuns.
Assim as energias desciam como pérolas divinas do céu. O portal foi aberto, tudo aconteceu, resolveu e transformou.
Que o GRANDE JAGUAR possa se fazer presente em todos os templos.
Salve Deus!
Adjunto Apurê
An-Selmo Rá
26.10.2019

× Contato!
Pular para a barra de ferramentas