PINTOR DA ÓPERA

PINTOR DA ÓPERA
Não tinha nada programado, mas fui em uma missão de reconhecimento. Cheguei num castelinho e o dono dele havia aberto para visitação. Como havia muitos entrando e saindo eu não tive problemas para passar. Fui conhecendo por dentro, pois ao passar ao lado, direção estrela, sempre via esta construção, mas respeitava seu propósito.
Ao entrar por uma sala dei de frente com ele que veio gentilmente me receber.
_ Seja bem vindo jaguar!
_ Salve Deus!
Me deixou a vontade para olhar suas obras, suas pinturas. Eu o apelidei de pintor da ópera, nome carinhoso por ter dado vida vibratória a missão de Tia Neiva. Quando um médium vê seu mentor ele vibra uma energia diferente, é que ninguém repara, mas seu coração se enche de esperança.
Estas crianças corriam pelo castelo, muitas mesmo, não havia quase adultos. Eu fiquei observando a reação desta viagem. Conversamos, trocamos idéias, como fazíamos a 40 ou mais anos quando tudo começou, lá naquela lojinha em frente ao templo.
As pessoas podem esquecer, podem destruir a imagem física, mas a imagem espiritual ficará gravada na eternidade.
Este pintor da ópera de nossa mãe clarividente está sendo cobrado e muito, estão tentando destruir sua missão junto ao amanhecer. As falsidades das maluquices de alguns começam a cair no desespero de outros. Não se pode medir o grau de envolvimento mediúnico pela vã filosofia do desconhecido mundo abstrato.
Sentamos e ficamos trocando informações, coisa de amigo jaguar. Falamos das conveniências e inconveniências, formamos um paralelo entre a certeza e incertezas. Traduzimos as ondas vibracionais em imagens, sim, é assim que ele recebe as informações. Quando um médium pede o retrato do seu mentor ele vibra e estas ondas são pintadas. Seria como uma infusão espiritual, ninguém como ele para processar estas emissões. Não adianta querer mudar de pintor, poucos tem raciocínio lógico espiritual.
A valorização humana não quer dizer destruir o homem na sua conquista. É transformar as velhas estradas em um recomeço. O dia D, como fiquei sabendo, será um marco na história deste amanhecer.
Nos despedimos, mas antes eu fui verificar como anda as traições. Cheguei em uma casa e assisti um espetáculo degradante, traições, vulgaridade, decepcionante. Fiquei do canto da casa observando a movimentação dentro. Espíritos sexus fazendo algazarra. Meu Deus. A que ponto podem chegar nesta vida missionária.
Saí rapidinho, vai dar problemas na terra, pois nada que se faça escondido dura para sempre.
Voltei, cheguei em casa. As pessoas que não seguem as recomendações espirituais estão começando a sentir os embates das cobranças. Recebemos esta madrugada uma energia de morte. Minha ninfa ficou muito ruim, passou mal, só foi sair deste envolvimento quando o sol abriu no horizonte.
Salve Deus!
Adjunto Apurê
An-Selmo Rá
23.10.2019

× Contato!
Pular para a barra de ferramentas