ESPÍRITOS DAS CHAMAS

ESPÍRITOS DAS CHAMAS
Nós estamos caminhando com toda certeza para uma abertura dos campos magnéticos que separam as faixas. Mas porque se fala tanto em magnetismo! Porque é uma força invisível que atua como um escudo, um espírito de outro campo não atua em outro diferente do seu estado.
As faixas magnéticas se diferenciam umas das outras e para penetrar em outra tem que haver preparação.
Eu penetrei em uma faixa dos espíritos em chamas. Eles explodem como uma labareda de fogo e somem, mas retornam novamente no mesmo processo. Diria que seria um ritual milenar, mas olhando bem é um castigo.
São espíritos que na terra foram queimados ou se queimaram como protesto. Eles assumiram esta forma de protestar contra Deus, contra a humanidade.
A persuasão deles se dá nas multidões que se movimentam em desagrado com seus direitos. Para eles morrer só basta botar fogo.
Quando eu cheguei neste campo havia somente um e logo foi surgindo outro e mais outros. Todos protestando contra minha presença. Não tive medo, eles não avançavam contra mim, eles simplesmente entravam em combustão.
A história destes espíritos marcou uma época de muita dor, um trauma que grudou na imagem e semelhança. Eles são suicidas, não podem reencarnar, não podem seguir para outro campo magnético, pois estão completamente deturpados. Se forem poderão impregnar a morte como protesto. Poderão interromper um campo de recuperação.
Não pude fazer nada, ali somente a espiritualidade pode agir e mesmo assim eles continuam sem apadrinhamento. É um mundo de chamas.
Que Deus possa intervir apagando de suas mentes esta sina milenar.
Cada noite e cada dia vamos conhecendo e nos conhecendo.
Salve Deus!
Adjunto Apurê
An-Selmo Rá
02.09.2019

× Contato!
Pular para a barra de ferramentas