DOUTRINANDO

UMA DOUTRINADORA ADVOGADA DOUTRINANDO NA CADEIA
Vejam, esta história é verídica, até porque aconteceu com minha filha, cigana aganara, advogada criminalista.
Ela foi indicada pela justiça como defesa de um preso em quatro barras, Paraná. Quando ela chegou o preso estava alterado, gritando, e os policias já não sabiam mais como agir para acalmar.
Ela entrou e foi falar com o preso dentro da cela, junto com um policial, ai ela doutrinou o homem. A cadeia toda parou para ouvir a doutrinação, não a nossa do vale, mas da razão incondicional.
De repente tudo silenciou, o preso se acalmou, os demais ficaram na expectativa de ouvir mais.
Ali foi uma libertação espiritual, pois como cigana ela leva toda falange junto.
Ao sair da cadeia os policiais vieram agradecer pela palavra. Até outro preso pediu ajuda para ele.
Pai Seta Branca sempre está em nossos corações e mesmo os presos recebem assistência dos planos luminosos.
Certo dia tia Neiva nos chama e conta uma passagem. Chegou um paciente e entrou para doutrinar. Ele tinha uma missão de exterminar 32 pessoas que destruíram sua família. Matou um, dois ate que a última, mulher, grávida não estava no plano da criança morrer, atirou e foi preso somente por ter matado a criança. Pagou com muitos anos de prisão.
Assim o mundo espiritual vê a nossa verdade. Quem somos nós neste trieiro carmico.
conto como testemunha de nossa missão.
SALVE DEUS!
Adjunto Apurê
An-Selmo Rá
07.08.2019

Leave a Comment

× Contato!
Pular para a barra de ferramentas