PALESTRA

PALESTRA
Ser espiritualista é ter certeza de sua missão, de sua obra, do seu caminho.
Eu fui convidado a dar uma palestra no assentamento de uma colônia espiritual. Foi para motivar, esclarecer e fortalecer o principio cristão. Muitos ali tinham somente uma meta, mas com a interferência de outras misturas deixaram a raiz de sua cultura balançando. Formaram dentro da mente outros credos, desvios, como querendo encurtar sua estrada. Ninguém vai ao pai senão por mim, disse Jesus.
Dizem que todos os caminhos levam a Deus. Será! Nem todos os caminhos levam a Deus. Um caminho que não respeita ninguém vai se perder no destino.
Foi então que me propus a induzir uma energia diferente nesta palestra. Motivação. Eu reuni todo esclarecimento sobre os humanos encarnados e desencarnados e joguei sobre a mesa. Eram poucas perguntas, porque eles queriam ouvir na razão para se orientarem. Só teve uma mulher que era mais ativa e fazia perguntas a cerca do processo civilizatório. Após a reunião ela veio conversar em particular.
Nós devemos estar preparados para responder o que nos perguntarem. Ser um mestre ativo é formar sua opinião e não se confundir ou confundir aos demais.
Quando abri o verbo sem mistificação, sim, a cultura da nova era não permite que os velhos conceitos se propaguem. Vejam sempre o espírito livre das amarras caminhando para sua cultura dentro do terceiro milênio.
Ao eu abrir esta porta cerrada desta colônia pude ver que a verdade muda as tradições. Tradição milenar apócrifa que se espalha boca-a-boca sem resumo da verdade.
Ninguém subiu e voltou para compensar o que jurou. A materialização dos desejos da a cada um a sua necessidade.
Começamos a vibrar naquele momento. Eu dei uma pitadinha de argumentação e isso os deixou mais a vontade para perguntarem. Foi aí que eles se soltaram, começaram a sentir dentro de seus espíritos a energia modificando toda estrutura. Era isso que faltava a este povo.
O conhecimento muda os preceitos e preconceitos. Mas não muita terra e tão pouco céu. A balança deve estar equilibrada, razão que nos eleva espiritualmente.
Vocês podem imaginar um grande auditório cheio de pessoas sedentas de curiosidade. Aquele pavilhão era enorme, uma colônia inteira ouvindo e mudando seus costumes. É isso jaguares, filhos de Seta Branca. Este é um começo sem fim. Quando assumiram este caminho entregaram seus espíritos para Deus. É somente uma preparação do sol interior na contagem regressiva das estrelas. Todo ser que reencarna começa a sua contagem, não tem um que faça isso ao contrário.
Encerramos a palestra motivacional e respondi algumas indagações individuais, mas eu senti uma energia percorrendo o ambiente. Aquilo penetrou na circulação e alterou a convivência que estava apagada. Esta colônia estava sem energia para recomeçarem.
Aqui mesmo nos templos do amanhecer, se faltar esta motivação o povo vai cair no marasmo. Por isso os mentores vem com toda energia para sustentar nossos corações.
Nunca diga que sabe tudo, procure alimentar seu sol interior com as boas vibrações.
Salve Deus!
Adjunto Apurê
An-Selmo Rá
02.08.2019

Leave a Comment

× Contato!
Pular para a barra de ferramentas