RITUAL DO NOME

RITUAL DO NOME
A muitos anos atrás a magia era algo espetacular, onde tudo era feito pelo uso do conhecimento. Hoje, poucos dominam este poder e estes poucos estão do lado errado da história. Sem Jesus voltamos as velhas estradas.
Tem um ritual de magia que prende uma pessoa pelo nome, este processo muito utilizado por magos e videntes de outrora. Aqui eu já ensinei muitos a usar este ritual para libertar e nunca aprisionar uma pessoa. Quando você leva um nome escrito num papel e coloca na cestinha do pai Seta Branca você está direcionado toda vibração de um trabalho para reerguer aquela pessoa. Mas neste ritual que ensinei ele é uma parte de um contexto individualizado, sim, requer a assistência da legião dos cavaleiros e guias para recompor ou desfazer. Lá atrás, África, Angola, tínhamos o conhecimento puro da quiromancia, da leitura da natureza, e do pensamento. Vivíamos numa espécie de alucinação, êxtase, e tudo era por um benefício próprio.
Quem conhece a magia sabe que ela tem muitos lados, e quem se prende por um deles sabe o seu destino.
A técnica ensinada por Tia Neiva manteve a cultura milenar mas foi moldada a sua imagem e semelhança. Ela recebeu e transformou conforme os desígnios da missão.
A magia impura representa 90% da população, sendo 10% ainda com dúvidas.
Todos já aprenderam o ritual do copo com água e aquele papelzinho escrito sob ele.
Mas nem tudo é conveniente fazer, pois ele está direcionado a sua vida. Você pode fazer para você. Não faça para outros em hipótese alguma.
Muitas correntes estão sendo levadas a proceder uma invasão mental e se infiltrar no espírito. Esta infiltração vai acelerar o processo de morte do físico e deixar o espírito louquinho. Todos pagam seu preço, mas este preço não é como pensam. Deus não castiga, não mata, não se vinga.
Isso foi o que Jesus pregou abertamente.
Deus é bom.
Salve Deus!
An-Selmo Rá
05.07.2019

Leave a Comment

× Contato!
Pular para a barra de ferramentas