Sobre

Sobre o Vale dos Deuses

TEMPLO APURÊ DO AMANHECER
Uma pequena e singela homenagem!

ENSINANDO A PESCAR…!

Salve Deus!

O Vale do Amanhecer é uma entidade assistencial que visa o equilíbrio moral, social e espiritual dos seus participantes. A missão especifica desta obra divina é ensinar as pessoas a terem uma melhor qualidade de vida sob o aspecto missionário, como diz: “É dando que se recebe”. A nossa missão neste amanhecer de Campo Largo não é ir atrás das pessoas forçando a seguir um caminho, mas ensinar o Evangelho como base de uma luta na conquista de objetivos maiores, como a própria libertação.

Liberdade não é necessariamente fazer o que quer, mas é conhecer até onde seus direitos podem assegurar a sua obediência as Leis que regem este planeta. Aqui, neste pedacinho de chão, é onde o céu modifica o sistema denso e as maiores provações da vida abrem suas portas para o anonimato mundo invisível. É aqui que se conhece a verdade suprema, quem somos, o que somos, de onde viemos e para onde vamos. Justamente por este motivo tão claro que não há envolvimento no carma individual e nem coletivo, somos transparentes em realizar o atendimento sem dar margens para duvidas que persistem em escurecer a sintonia dos que procuram esta casa. A vida fora da matéria é algo surpreendente, é algo tão sublime que podemos afirmar, Deus existe.

Jesus criou esta escola do caminho, da verdade e da vida para aqueles que desesperados, angustiados e desanimados pudessem reencontrar consigo mesmo e assim ter uma chance de refazer seu caminho mudando e se mudando para melhor aproveitar o terceiro plano. Ser conhecedor da magia é ser um cientista da nova era, é entrar neste terceiro milênio com o pé direito, mas sabendo o esquerdo ainda está atrofiado as suas juras transcendentais. O Apurê do Amanhecer, esta simples casa de pau a pique, desenvolve e abre as portas dos segredos místicos que se escondem atrás de cada coração e é justamente neste ponto de comunicação entre dois mundos, dois planos, que acontecem os fenômenos mais incríveis de toda uma vida terrestre.

Ser um mestre ou ser uma ninfa é se tornar um ser especial, é ter o dom divino de perscrutar as almas falidas que se perderam e ainda se perdem pela incompreensão dos seus próprios destinos. Pisar neste solo sagrado com seus pés descalços é se entregar por amor a sua própria consciência dinâmica, é ser um especialista no desdobramento e transporte de um mundo a outro, tudo, mas tudo mesmo pelo portal de desintegração, reintegração e integração. Ser deste amanhecer é ser livre como um pássaro que voa sendo guiado pela sua sintonia, pelo seu amor, pela sua esperança. Aqui não damos o peixe, mas ensinamos a pescar.

Você não dirá: alguém me ensinou, mas você dirá com toda certeza: eu me evoluí pela minha condição de conhecedor das leis que me regem. Ser sábio é ser ouvinte e com clareza dizer a sua manifestação mediúnica mostrando a porta que se abre a sua frente. O Amanhecer é algo tão sóbrio que torna o espiritual um mundo ao alcance de suas mãos sabendo que pode tocar, mas não pode ter para si o que não lhe pertence.

Assim é este mundo espiritual, onde as rosas são tocadas e seus espinhos não ferem mais as mãos, porque já sabe tudo e nada lhe faltará para o complemento de sua obra.


Salve Deus!
Adjunto Apurê
-0-0-x-x-// em Cristo Jesus
Mestre José Fernando Betezek
Campo Largo – Paraná

Você pode Usar em seu beneficio todas as informações deste site!