CONTAMINAÇÃO DO SOLO SAGRADO…

Salve Deus!

 

Os jaguares estão perdendo suas missões, seus comandos e suas evoluções.

 

Quando o Sete Flechas disse que tudo isso era dele, foi que o próprio jaguar foi bater cabeça no ponto dele. Sete Flechas não pertence ao nosso amanhecer, ele é um espírito que não aceitou a redenção de Jesus, de Seta Branca, de nossa Mãe Clarividente.

 

Hoje vemos aos poucos que a contaminação foi tomando conta e desfigurando a imagem da doutrina da nova era entrando nos mesmos conceitos das velhas estradas. São muitos pontos batendo fora do contexto doutrinário, mas Seta Branca com seu imenso amor deixa para que o próprio filho descubra onde está pendurando seu coração.

 

A magia das cabeças batedoras é muito antiga, não é como a nossa que se revela pela consciência, como deste trabalho que foi realizado no templo, onde o povo de Sabá veio com uma missão. Não podemos deixar nosso templo sofrer da mesma contaminação que está havendo por não haver luz nos olhos do comando. Quando da última viagem que revelou uma triste situação orquestrada pela magia negra, todos vieram para nos socorrer. Seta Branca, Mãe Iara, Mãe Iemanjá, cavaleiros e ministros, Olorum, Oxum, Oxalá, Os médicos desceram para curar os espíritos que estavam nos torturando espiritualmente.

 

Como não deixamos a água bater na boca, formamos nossos aledás de força básica que sustenta nosso sacerdócio. Ao emitir na horizontal as forças verticalizaram abastecendo nossos espíritos pela linha mestra, força decrescente curadora. As grandes corporações crísticas fizeram o chamado escudo protetor sobre as cabeças dos membros desta casa. Todos receberam em seus convívios humanos sociais a energia resplandecente de Mayanti e Tapir, a mais pura força de um poder decrescente.

 

Esta noite eu voltei para o plano espiritual para ver como ficou esta ordem direta. Vi que ainda estão tentando impregnar nosso solo sagrado com uso de um veículo animal. estes animais são instrumentos que tem facilidade de penetrar e fazer uma ponte entre os espíritos e os humanos. Quando eu olhei eram muitos berrando pelas matas aqui em volta do templo, todos querendo penetrar na nossa magia. Como eram adultos havia um impedimento, mas foram nascendo os filhotes, aí a comoção abre o coração. Cada um teve oito filhotes e espalhados pela terra vão tentar atrair a nossa corrente.

 

A situação do envolvimento dos jaguares com outra magia fará desencadear uma avalanche de acontecimentos. O comando maior está cego, perdido na obsessão pelo poder material esquecendo que o espiritual é a base desta corporação, como dizia nossa Mãe Clarividente. Do que adianta ter a beleza material e esquecer os raios do sol e da lua. Querer iludir as pessoas pela beleza material fazendo com que elas não tenham acesso a correspondência de suas juras transcendentais.

 

Muitos estão preferindo sair da seara de Seta Branca para procurar respostas em outras origens. O envolvimento destes jaguares com Sete Flechas dá direito dele negociar as vidas com Seta Branca. Não foi Sete Flechas que foi buscar, os filhos de Seta Branca que foram atrás. Eles que abriram as portas da contaminação do solo sagrado.

 

Existe um grande iniciado que é testemunha da porta velada. O comando está nas mãos do povo de Seta Branca até que esgote a última tentativa de elucidar os corações aprisionados pela falta de notícias. Todos querem saber, mas o saber demais mata a curiosidade afetando seus karmas. A doutrina de Seta Branca tem respostas para tudo que desejam saber, não necessita bater sua cabeça em outro ponto, basta ter tolerância e muito amor pela sua própria vida.

 

Com a instrução do novo amanhecer que está surgindo entre as nuvens densas da imaculada seta que foi esquecida cravada em cada peito, os homens desta tribo não sustentam mais a verdade. Poucos são os que ainda permanecem fiéis a sua cultura. Cultura aqui não quer dizer formação profissional, quer dizer ser culto espiritual. Ser o pescador de almas, como Jesus descreveu no Evangelho.

 

Evangelizar pela ciência cósmica e diferente de evangelizar pelas noites escuras. Chegará então a grande nuvem que escurecerá os dias de sol fazendo com que o sol se esconda atrás de uma grande muralha. O homem perderá seu caminho pela escuridão mental dos seus olhos. Muitos vagarão sem destino, sem conseguir saber a sua conduta moral, serão então entregues ao ceifador.

 

Jaguares de todos os templos. Revejam seus ensinamentos e ergam suas bandeiras para o Cristo Criador, o homem que sofreu para nos libertar. Somente a verdade nos libertará.

 

O trabalho de ontem no templo reconstruiu nossas energias, nossa fé e nossos respeitos pela doutrina do amanhecer.

 

Salve Deus!

Adjunto Apurê

An-Selmo Rá

13.09.2018

,

Deixe uma resposta