VOCÊ JÁ PAROU PARA PENSAR – PARTE DOIS…

Salve Deus!

 

Tem muita gente que vai ter que se explicar muito sobre sua missão, conduta e consciência.

 

Como contei nesta passagem, e hoje Seta Branca em espírito e em verdade veio ao nosso encontro. Ele veio muito  sério dando sustentação ao comando, manipulava com muitas luzes do céu a nossa batalha para não cair no padrão dos demais. Ministros, cavaleiros, Humahã, povo de Aruanda, Matas Virgens, sereias encantadas.

 

Ao chegar no templo a ele resplandeceu a verdade, porque jaguares, estamos chegando a um ponto crucial na nossa evolução, ou é ou não é. Quando ele desceu na presença dos mestres a sua autoridade refletiu no silêncio de suas palavras, sabedoria. O silêncio que orbita nas esferas superiores respeitando a nossa conduta.

 

Agora, pelo que vi e ouvi, senti um reencontro das nossas origens, a mais secreta conjunção de nos chama à razão. Seta Branca não nos abandona. Seta Branca está aqui pertinho de nós sustentando a bandeira rósea do amor incondicional. O dia que ele transferiu seu oráculo para o sul trazendo a missão do mestre jaguar. Agora, Graças a Deus, estamos sob seu comando maior.

 

Todos os dias ele está nos ensinando e acompanhando nossos passos para que nunca percamos a fé nesta missão. Muitos não querem esta casa aberta, estão lutando para fechar porque não alcançaram seus propósitos mandatários, mas esquecem que quem comanda é este grande missionário irmão de Jesus.

 

A quem devemos obediência, a ele ou aos homens desta terra. Eu sigo o que Seta Branca nos ensina, porque ele traduz em palavras a sua razão de nos demonstrar o verdadeiro caminho. Como disse Tia Neiva, seguir o que os espíritos diziam ou ficar esperando que a terra lhe ensinasse, acolhesse. A terra dizia aos quatros ventos que ela era doida e muitos acreditavam, mas Deus, Jesus e Seta Branca não zombavam de sua clarividência. Foi uma luta diferente onde o céu lhe mostrou o mundo a sua volta.

 

Vejam, então, que este meu irmão disse a verdade. Ele sentiu o resplandecer em seu coração e mesmo sendo quem é pelo seu propósito de cobrança, ele viu que a razão do nosso ser é a nossa principal conquista.

 

Muitos terão que se explicar com seus mentores, muitos, porque perderam a direção da verdade e só ouvem a terra. A terra por sua vez está se expandindo sobre a mediunidade transformando esta ligação mais pesada. Para ser espiritualista tem que se desligar das convicções terrenas. Ser mais amor e não tanto materialista.

 

O nosso Amanhecer é o caminho do Mestre Jesus. Quem pensar que aqui vai ganhar muito dinheiro se engana, porque nós viemos para nos lapidar pelos erros da riqueza e do poder. Quando você tem consciência de tudo a sua vida se transforma em um rio de esperança e com isso as portas vão se abrindo.

 

A nossa tribo é como se fosse uma comunidade socialista, bom, era para ser, onde tudo se dividiria, desde a assistência aos necessitados e a multiplicação do conhecimento. Mas, infelizmente ela se trancou no egoísmo de tudo é meu e nada é seu.

 

Pai Seta Branca não veio para brincar de dar sermão, ele veio com autoridade para nos chamar na razão do sacerdócio. Ele fala para nossos espíritos, bem no fundo da alma. Quem tiver coragem de ouvir que ouça, mas poucos estão com seus ouvidos abertos.

 

_ Meus filhos, Salve Deus! Eu já vos disse que vocês estão nas bênçãos de Deus, que este povo das matas virgens estão sempre ao vosso lado!

 

Assim nos deixou sua paz e subiu para os mundos encantados.

 

Que cada um repense a sua missão.

 

Salve Deus!

Adjunto Apurê

An-Selmo Rá

18.07.2018

Deixe uma resposta