LUZ OU TREVAS…


Todo caminho que nos leva a luz é difícil de triar. Quando vivemos pela luz as coisas ficam difíceis, porque neste caminho de provações nos encontramos e sabendo nossa origem somos colocados no paredão da eternidade.
A luz é como um raio que corta o espaço negro levando sua mensagem.
Mesmo sendo jaguares do amanhecer muitos ainda vivem na escuridão do espírito. Não existe uma regra que explique a razão de se viver na luz ou na escuridão, basta colocar na balança a nossa alma junta com nosso espírito e deixar a verdade falar.
A falsidade é uma destruição generalizada que abrange os pensamentos, porque na calada da noite as promessas se concretizam.
Os espíritos confusos se debatem entre o bem e o mal, articulando suas alianças para destruir o que não pode ser destruído.
Chegou aqui este espírito que pela sua hierarquia não deveria desonrar a pirâmide vertical, querendo matar a missão, somente porque ele não quer saber da sua verdade. Quando ele fala por trás de outros irmãos se fazendo de melhor, ele desmoralizar o sistema mediúnico e quando tentamos colocar em panos limpos, simplesmente ele não aceita dialogar, se tornando áspero e bruto.
Quando Seta Branca confia em alguém, não é para aquele missionário desfazer a conduta moral da obra.
_ Eu vim para tirar tudo de você! Tudo isso aqui é meu!
_ Que seja feita a sua vontade, mas, porém, sem luta você não encostará em um fio de cabelo seja de quem for!
_ Me foi confiada esta missão, eu mando, todos me obedecem!
_ Eu obedeço aquele que vem em nome de Jesus e de Seta Branca!
_ Pois foi ele que me deu esta missão!
_ A mim também quando incorporado em Neiva me consagrou presidente! Não foi você ou outra pessoa, porque eu sempre te respeitei como irmão, mas você preferiu desonrar nossa amizade atuando de forma desleal colocando seus irmãos contra mim!
_ Eu posso, eu sou o cara que manda e desmanda!
_ Eu não mando, eu peço por amor que tenho ao povo de Seta Branca!
_ A minha luta vai ser te desmoralizar para todos e mostrar que eu mando aqui!
_ Como disse Jesus ao ser traído… Vá e faça o que deve ser feito… por isso meu irmão, você tem duas espadas e o manejar delas decidirá sua estrada! Mas respeite para ser respeitado, ame para ser amado, perdoe para ser perdoado!
_ Minha justiça é da terra mesmo! Não preciso recorrer a ninguém sobre minhas ordens!
_ A minha justiça não se pratica desta forma, ela é a verdadeira obra de Deus!
_ Eu vou continuar te desonrando até que você não aguente mais conviver nesta missão, que todos lhe vejam como um estranho!
_ É, meu irmão, se te posso chamar assim, porque um dia seremos chamados para dar conta de tudo que fizemos, bom ou ruim, e lá não tem como chamar as raízes! Lá será na individualidade e cada qual pagará seu preço!
_ Eu vou tirar tudo que é seu!
_ Salve Deus!
Assim ele se fechou no seu coração, no seu mundo, se tornando um sofredor de sua própria missão. Eu não pedi para sofrer, eu pedi para ser feliz, e esta felicidade é contagiante, ela não pode servir para meus caprichos, ela tem que ser ampla e irrestrita. Eu não quero ver ninguém infeliz.
Mas os tolos que se preocupam com as demandas judiciais deveriam escutar a voz da razão e não se articularem para destruir seus irmãos oponentes só porque eles pensam diferente. A liberdade de ir e vir nos trás as respostas para nossas dúvidas.
_ Se você quer a minha missão deverá também carregar o peso dela! Eu não pedi justiça divina, e nem justiça da terra, mas não fique difamando seus semelhantes só porque se acha melhor aos demais!
Eu responderei por mim e você por você.
Salve Deus!
ADJUNTO APURÊ
04.07.2018

Deixe uma resposta