QUEM VOCÊ PENSA QUE É…

Salve Deus!

 

Difícil missão ensinar e esclarecer.

 

Os seres humanos preferem morrer a ter a vida eterna. Eu procuro passar um pouco do que aprendi e ainda estou aprendendo, como disse Humahã para Tia Neiva, por mais que saiba tudo ainda terás muito que aprender.

 

Os caminhos nunca são iguais, nunca eles dão os mesmos frutos. A mesma árvore pode dar outros tipos de frutos, tudo dependendo de como ela foi criada e para que finalidade plantou-se. Na terra somos iguais, o que muda são os pensamentos.

 

Hoje, nos trabalhos, o espirito veio me desafiar em frente ao radar. Com um copo de cachaça na mão direita ele fazia gestos de estar bebendo e dava gargalhadas. No templo havia uma luz que brilhava, e isso ofuscava um pouco aquela imagem infeliz. Logo ele foi conduzido ao trono para desabafar e receber a energia doutrinária.

 

Quando um doutrinador emite sua força em cima do espirito ele vai sendo embriagado por ela e tonteia, aí fica mais fácil de fazer a elevação. Tanto necessário o ectoplasma humano para refazer esta reparação, sim, porque as forças envolvem o espirito no âmbar desta concentração.

 

Quando estamos abrindo o canal de emissão nossos registros são aferidos pelos cavaleiros e ministros, se não tiver correto nada desce, nada chega. Se as emissões foram deixadas pela clarividente como suporte aos iniciados porque se mudar o rito desta consagração. Na ânsia do poder o homem da terra torna mais perigosa esta comunicação entre os planos, então, a emissão mudada se torna um cadeado sem chave.

 

Os devas são responsáveis diretos pela manutenção das ordens de Seta Branca, mas muitos estão saindo de suas responsabilidades e por questão de medo aderem ao comando de mudar. Nenhum mestre pode alterar sua classificação sem que tenha recebido esta consagração.

 

Quando o exu veio, ele sabia onde pisava, mas não pode atuar diretamente na cabeça, porque alguém o viu. Assim eles ficam com seus pés presos, porque alguém os observa ali e eles se fazem de arrogantes. Estes espíritos são sagazes e quando tem a oportunidade de encostarem-se a alguém levam suas vitimas ao purgatório.

 

Os desejos de morte, de suicídio, de matar, de ver sangue. Geralmente a carga acumulada no plexo torna uma pessoa explosiva. Não pelo que ela é, mas pelo que ela representa. Um arcano é muito procurado pela sua posição dentro do comando geral, mas o aspirante também sofre os embates naturais de seus cobradores.

 

Vejam que o sofredor era branco, não era negro, tinha um aspecto de embriagues. Negro que me refiro, é à sombra dos vales negros, por isso eles não produzem luz. Este gesto de beber era como incentivar a beber, uma ação que representa uma reação. Para quem não vê sente a sua projeção na hora de decidir entre beber ou não beber.

 

Quando os cavaleiros tomaram posição ele se afastou para fora do templo, mas tão logo ele saiu pela rua do vale. Subiu e ficou na esquina da loja maçônica. De lá ele observava a sua vinda, o que ele conseguiu atingir, mas nada feito, ele somente recebeu, pois tinha vindo na aura de uma paciente que mora ao lado de um terreiro.

 

O domínio de sua pretensão era conduzir esta família para a derrota, porque eles não aceitam serem escravizados por um poder negro. O nosso mundo requer uma faixa celestial para inibir as atuações dos sofredores, espíritos milenares conhecedores da magia negra.

 

Eu fico só observando as atuações, mas quando enxergam à luz verdadeira eles saem correndo. Isso pode acontecer em qualquer lugar onde a luz esteja presente. Por isso as nossas emissões tem que estar em dia, porque elas nos representam nos mundos iniciados.

 

Se não tiver a chave correta não abre nada. Aí fica o mestre só atuando pela terra e nada recebe do céu. Como no caso das energias, se não ligar na tomada certa leva choque, ou da um curto circuito. Para que mudar uma coisa que foi deixada pela espiritualidade pelos olhos da clarividente.

 

Quando um adjunto raiz desencarnou, sabe, foi uma coisa muito bacana, bonita, pois ele entregou ao Ministro Apurê aquele comando. Então partiu de um ministro para outro e não da terra para a terra, foi uma escolha direta. Os ministros vieram e tão logo confirmaram a entrega e o recebimento. Quando um adjunto desencarna ele sobe com seu protegido e assim, se Deus permitir, ele assume um novo comando ao lado de outro médium. Então não foi tomado de um ministro, mas, sim, foi entregue por ele para outro. Isso que deveria ser observado na hierarquia do mestrado, não fazer por fazer, mas seguir as normas.

 

Nossa missão é algo delicado e muito importante. Os obstáculos fazem parte deste acervo. Isso porque representamos o sistema cristico. Jesus atravessou a pesada coroa de espinhos e nós estamos atravessando também.

 

Sejam felizes e partam com suas lanças.

 

 

Salve Deus!

 

Adjunto Apurê

An-Selmo Rá

05.05.2018

 

Sair da nossa lista:

Receber/Deletar

, , , ,

Deixe uma resposta