FAMÍLIA…

Salve Deus!

 

Eu venho pedir aos meus irmãos, não deixem de trabalhar, de fazer a caridade, porque haverá uma transição apertada que vai exigir muitos bônus.

 

Eu fui visitar uma família nesta madrugada. A mãe e seu único filho, mas o que se seguirá é o desconforto do físico impregnado no espirito. Eles são nossos irmãos, família de Seta Branca, mas ela principalmente, missionária, demora em assumir sua missão e coloca e prejuízo uma grande libertação. Como sendo ponto de luz os espíritos de sua origem, heranças transcendentais, estão chegando a todo vapor.

 

Fui fazer esta contagem, formar o canto do jaguar, quebrar as barreiras materialistas que ela mesma se dedica tanto, pois a vida não é somente nos bens da terra. Há que dividir os segredos da eternidade, porque atrás daquela porta tem um mundo invisível esperando a oportunidade de se aproximar.

 

Na casa onde ela mora, aqui perto, eu recebi muita atenção por parte de seu filho que terá um realinhamento em sua vida. Eu gostaria muito de dizer nomes, mas não posso, pois quebraria o karma, eu estaria me intrometendo em suas particularidades.

 

Fazendo avaliações no campo da psique humana, eu aproveitei para trocar energia ectoplasmática, assegurar um pouco de merecimento para ele, mas quem mais deve ajudar é sua mãe na terra que tem uma linda missão dentro do amanhecer.

 

Mestres, meus irmãos, venham trabalhar. Coloquem amor em seus corações, se ajudem a não permitir que venham sofrer uma dor, ou uma grande dor, porque nossa vida não é só na terra e sim também no céu, travando a maior batalha com a gente mesmo para elucidar nossos destinos.

 

Pai Seta Branca ontem, quarta-feira, aqui no templo pediu pelas famílias. Ele viu que o templo está vazio, porque falta o amor e a coragem dos filhos em suas roupagens espirituais. A preocupação dele é com o futuro de cada um, porque a chamada das forças abrirá as nuvens densas para sermos ouvidos pelas grandes hierarquias.

 

_ Meu filho! Trabalhe! Trabalhe como nunca trabalhou, porque é com este trabalho que irá se libertar das dores! As dores serão muitas e aquele que não estiver preparado, emanado e curado sentirá o peso desta transição! Eu amo as famílias e estou em cada coração, mas se o coração estiver fechado pela tempestade ninguém me sentirá não me ouvirá e nem notará minha presença! Trabalhe meu filho com amor, com muito amor, é só isso que eu posso lhe pedir!

Seta Branca.

 

Calado eu ouvia a mensagem de Seta Branca. Uma simplicidade, uma humildade e um amor que faz bem aqueles que o aceitam em seus corações. Do que vai adiantar lutar pela vida material deixando a espiritual cair, pois as duas devem estar em sintonia. A eterna balança universal, o conjunto planetário dos encarnados.

 

Eu fiquei comovido com a preocupação de nosso Pai. Mas muitos jaguares estão indo de marcha ré em suas conquistas, estão se deixando contaminar pelo poder material e seus plexos começam a perder a vitalidade, endurecidos sufocam o espirito que adormecerá na eternidade.

 

Eu já falei do “EU SOU”. Não vejo ninguém aqui ajoelhando para lavar os pés dos seus irmãos. Querem ser lavados, mas não tem humildade para fazer o mesmo caminho do Mestre Jesus. Muitos estão com os pés sangrando para levar a mensagem do Evangelho, mas muitos não querem abrir suas portas para ele entrar. Não falo de porta material, mas a porta espiritual, do coração, da formação do homem luz deste milênio.

 

O templo é a razão da convicção entre dois mundos, material e espiritual. Somente aqui neste terceiro sétimo que abastecemos nossos espíritos com a mais pura palavra amiga que vem do céu.

 

Eu fiquei um bom tempo neste lar de nossa irmã. Enquanto ela estava elaborando o que iria fazer no dia seguinte, eu troquei muitas palavras com seu filho. A troca de energia nos deixa leve e nos conduz para novos desafios além do nosso conhecimento. Mas sem bônus, sem merecimento, fica difícil. Não adianta depois de o leite derramado querer culpar alguém, querer tirar proveito para largar a farda e cair na besteira de julgar.

 

O templo está aqui, está de portas abertas, venham. Não sou eu quem está pedindo, mas Seta Branca nosso Pai.

 

Salve Deus!

 

Adjunto Apurê

An-Selmo Rá

22.03.2018

 

Sair da nossa lista:

Receber/Deletar

, , , ,

Deixe uma resposta