ESTAÇÃO ORBITAL

Salve Deus!

 

Que a terra fale pela terra.

 

Eu, ultimamente, só vejo a terra gritando aos quatros ventos, tomando rumos inimagináveis e vejo também o céu na sua infinita calma revoando os leitos dos adormecidos.

 

Estação orbital seria como um centro transmissor das palavras divinas que foram colocadas em determinados pontos do céu por onde se espalham as noticias. As antenas foram desenvolvidas na terra para captar estas mensagens, formar no centro receptor a capacidade de melhorar estes sinais. Vamos dizer, ontem seria como sinal analógico e hoje como digital, de tão perfeito se tornou esta capacidade de entendimento.

 

Uma pena que muitos da terra ainda estão na frequência analógica e não se especializaram na profundidade da melhoria de sua cultura. Cultura que eu falo é diferente, é promover a sua sabedoria entre o céu e a terra. Não é somente viver a terra, porque como disse nossa Mãe Clarividente, havia mais sentido com que os espíritos falavam ao que ela recorrerá na época de seu desenvolvimento.

 

Uma estação espacial emite os sinais, aliás, diversos sinais, que cada um na sua base terrestre recebe em conformidade ao seu comando. Esta ligação temporal espacial, sim, porque ela está num espaço longe aos olhos físicos, formando grandes concentrações que envolvem diretamente o planeta.

 

A terra por sua vez está sendo ativada pela concentração atômica das presenças, que desintegrando fisicamente chegam para nos alertar sobre as nossas condições de seres encarnados. Quem ouve se liga e quem se fecha desliga. Os conflitos naturais de uma chamada direta das grandes organizações não estão sendo interpretadas na sua essência divina, está sendo ignorada a sua supremacia. A terra vive um casulo artificial que ideologicamente fechado no seu receptáculo não vê as consequências das vantagens oferecidas aos velhos contemporâneos. Os mesmos de ontem e os mesmos de hoje, a quem pertence nossas evoluções senão a nós mesmos.

 

Quando uma mensagem chega a uma destas estações espalhadas pelo céu espiritual, elas são distintamente coletadas em grau de mediunidade e naquele instante se forma uma ligação, interligação, que avança o limiar de toda ciência da terra. Ninguém pode avaliar o que seja esta função ou disfunção que estabelece uma anomalia cerebral. Não é que seja exatamente uma anomalia, mas sim, um progresso mental por onde os seres terrestres tem sua capacidade de chegar ao mais alto pedestal de sua missão, de sua vida.

 

Os centros transmissores e emissores precisam que na terra tenham seus centros receptores. Sem esta condição não se poderia chegar às respostas que terra tanto a implora.

 

Quando saímos do físico existe uma conturbada força reagindo no nosso sistema mediúnico. Ela é condizente ao nosso meio de vida, ao que estamos passando ou realizando nesta encarnação. Muitos levam sustos ao reverem as reações desencadeando energias esparsas e voltam pelo impacto aos seus corpos fechados. Quando alguém consegue manipular sem medo esta energia ele se torna mais fluídico e seu espírito vai lentamente se integrando ao fluxo radioativo destes planos. Cada faixa estabelece um plano de existência pelo qual vai expondo seus sistemas que se fundem na máxima perfeita que é Deus. Tudo é átomo concentrado de tal forma que formam a vida.

 

A energia radioativa magnética do espírito une suas partículas e quando por algum motivo são desintegradas elas se separam e se espalham pelo universo, retornando para o sistema. Provavelmente ainda haja resquícios de uma energia fluindo em algum ponto das galáxias. É como uma estrela que continua pulsando no universo.

 

A terra ainda vive a terra, a sua maior dor. O céu, esperançoso espera a solução de todos os problemas da humanidade para poder descer diretamente sobre as mentes entorpecidas pelos remédios. Esta manifestação direta será como calmante natural na formação do homem luz deste universo. Estamos formando este homem luz, estamos diretamente capacitando ele a ser apresentado, mas somente quando a terra parar de arrotar o poder, a dor dos pobres mortais. Mil cruzadas se tornarão indiferentes ao chamado.

 

Como Seta Branca me disse: Meu filho! Muita coisa irá mudar!

Será que o homem da terra ouviu esta mensagem, será que ele se fechou por ela não ter sido dada a ele. Indiretamente ela pode ser transmitida por uma estação orbital e chegar por meios diferentes, por outros receptores.

 

A frequência mental de cada receptor recebe exatamente o que ele precisa receber. Nada mais e nada menos. Agora, existem receptores com frequência mais aberta que recebe tudo e filtrando estas mensagens delata para a terra a sua necessidade. Quem tem ouvidos que ouça e quem não quer ouvir, Salve Deus.

 

A quem vamos culpar no final desta história.

 

Salve Deus!

 

Adjunto Apurê

An-Selmo Rá

25.01.2018

 

Sair da nossa lista:

Receber/Deletar

, ,

Deixe uma resposta