ESTAÇÃO ORBITAL – PARTE DOIS

Salve Deus!

 

Que a terra fale pela terra.

 

O céu então chamou. Quem tem ouvidos que ouça. Quem tem olhos que veja e quem tem boca que fale.

 

A estação vibrou no exato momento que eu estava terminando esta história. O chamado veio direto, sim, corremos para o templo, pois desde ontem Seta Branca estava esperando para passar um espírito.

 

Ontem não nos foi possível receber, havíamos que ter energia para fazer a recepção, mas hoje, então, o chamado veio sem mais delongas e fomos para um atendimento especial. Seta Branca trouxe um espírito para receber a sua cura. Não vou dizer nomes para não comprometer os segredos da alta magia.

 

Este espírito ainda está encarnado sob o judice do karma. Como sendo da terra e não tendo o céu em seu coração ele arrota seus escombros sobre a planície macedônica, sobre os vales encantados, sobre as montanhas. O céu, então faz a sua parte, porque quando não se tem diagnostico possível para a cura o arraste do espírito se faz necessário para frear as intempéries mentais.

 

Ontem o trabalho de alta magia nos fortaleceu para que hoje não sucumbíssemos por esta passagem. Foi então que Seta Branca desceu, trouxe e ele recebeu o que lhe era pertinente. Nada mais e nada menos, porque o respeito é uma poderosa arma de amor e justiça.

 

Falei com ele, falei dentro do seu coração, falei a verdade sobre a verdade. O pai ao lado assistia pacientemente a recuperação do filho em transito, sim, porque quando um espírito é retirado do seu corpo físico as pressas ele chega tonto e sem rumo. Não podemos temer o que vem pela frente, mas devemos estar preparados para não sermos pegos de surpresa.

 

Com muito amor, amor missionário, amor de irmãos, ele recebeu o que queria e assim Seta Branca o levou embora.

_ Meu filho! Não se preocupe com nada, isso não foi nada! Meu filho quer pedir alguma coisa!

_ Não meu Pai! Eu somente quero o conhecimento da verdade, a sua verdade, que me ensine o caminho certo a seguir!

_ Meu filho está no caminho certo! Continue com sua missão, continue com sua humildade! Aqui, nesta minha casa tem a energia da humildade, do amor e da compreensão! Esta energia é a sua energia! Pise sempre com seus pés neste solo sagrado!

_ Salve Deus! Eu não peço mais nada, riqueza, nada, só peço conhecimento, pois com conhecimento chegamos aonde queremos!

 

Assim falamos sem medo da estarmos juntos. Como me disse a clarividente do amanhecer: Se chamar o Pai vem! Mas desta vez ele nos chamou em espírito e em verdade, pois ele precisava mostrar a este espírito que aqui é diferente, aqui existe amor, perdão e compreensão. A coragem de enfrentar as piores dificuldades e não sair do padrão.

 

Ser pai é ser responsável pela missão.

 

Vejam como vibram as estações orbitais. Lá onde eles estão eles acionam estes canais e aqui na terra os receptores recebem conforme seus merecimentos. Tudo por uma doutrina consciente.

 

Eu não peço nada além do meu merecimento.

 

Salve Deus!

 

Adjunto Apurê

An-Selmo Rá

25.01.2018

 

Sair da nossa lista:

Receber/Deletar

Deixe uma resposta