INVEJA

 

Salve Deus!

 

Tudo é energia, até nossos átomos são induzidos pela energia do espírito e quando ele parte eles se separam e o corpo físico volta para a terra.

 

Eu, nesta viagem de conhecimento, sim, mestres, tudo é conhecimento, é respeito, é amor, fui ver uma família que estava na maior dificuldade. Eles tinham posses, pois sempre trabalharam unidos para ter as suas coisas, mas estavam perdendo tudo por uma vibração de inveja. Ao chegar pelo espírito na sua morada, a energia estava empedrada no caminho deles. Aquilo era uma massa dura que mesmo pela espiritualidade levaria muito tempo para lapidar, para quebrar em pedaços. A energia da inveja vai se apoderando da felicidade, do conforto e da ingenuidade.

 

A família era feliz, viviam na maior harmonia e pelos bens que tinham direito ajudavam outras pessoas. Mas até que ponto estas pessoas devem ser ajudadas, porque conhecendo a felicidade deles vibravam, mesmo sem querer, trazendo uma dor indireta ao coração.

 

Eles tinham esta riqueza pelo merecimento, pois já foram ricos em outras encarnações e ajudavam no que podiam as pessoas que necessitavam. Então sempre foram caridosos e isso pesa muito nesta balança da individualidade. Como eles não podiam subir para suas origens sem que o último descendente desta linhagem voltasse com suas pérolas, eles reassumiam suas encarnações dando tempo do outro se ajustar a sua evolução.

 

Ao chegar, eu vi aquela massa, aquela pedra escura não deixando que eles fossem felizes. Estavam perdendo seus bens e isso estava tornando infeliz para poderem prestar a caridade. A indução magnética é muito poderosa, tem uma chave ritualista que ao emitirmos no castelo ela vibra tão forte que se choca com a carga negativa dando uma explosão. A desintegração se dá pelo impacto, pela força induzida diretamente do positivo para o negativo.

 

Agora, temos esta chave na terra e temos no céu. No céu é diferente, porque estamos na antimatéria, sem efeito físico usamos a força da cabala para desfazer esta polaridade. Um simples estalar de dedo na terra aqui nesta faixa é como uma explosão atômica. Tudo vibra pela energia, como disse Tia Neiva: Conhecendo as energias eu não brinco.

 

O fator principal da nossa constituição é pela energia agregada, o espirito reúne em torno de sua vida física os átomos que o irão prender na terra. Quando esta energia se desfaz tudo se transforma. Somos perfeitamente capazes de entender os segredos da magia que pela mediunidade se estende além da nossa imaginação.

 

Quando, então, foi aplicada a energia positiva o choque foi inevitável, mas para ter esta energia são rituais diferentes, são outras fontes de energia que se atraem pelo nosso conhecimento. Todos sabem que a energia é neutra, nós que a transformamos em positiva ou negativa. O mesmo da energia elétrica, ao produzirmos a positiva nós temos a negativa que vai gerar luz.

 

A inveja é uma doença terminal, uma coisa sem princípios. É onde, mesmo amando, podemos causar um estrago muito grande. Todos já ouviram falar em quebranto em criança, sim, seria quase igual, só que por uma diferença, o quebranto é feito por amor. Uma mãe pode colocar quebranto no seu filho. A técnica para quebrar o quebranto é bem simples, é da própria natureza.

 

Já a inveja é uma energia esparsa, e quando ela atua na cabeça vai agregando outras energias, porque tudo que é negativo se atrai. Aquela bola, pedra, vai ficando grande e sufocando as pessoas em suas vidas. Começam então a perder seus bens materiais. Quebra alguma coisa, adoece fisicamente, te tomam em assalto, vejam que tudo vai sendo alimentado de forma bruta e sem deixar vestígios. Esta energia não deixa vestígios de quem emitiu, mas se a pessoa não se cuidar vai chegar ao fundo do poço.

 

Os nossos mentores tem uma capacidade de diagnosticar esta energia e eles trabalham dentro da antimatéria para livrar os destinos das mazelas. A indução cabalística é uma verdade para nós do amanhecer. Podemos trabalhar ela na terra e no céu. Graças a Tia Neiva que nos entregou esta chave podemos agora nos beneficiar deste ritual para quebrar as argolas que se prendem em nossos tornozelos.

 

Esta família foi beneficiada por este trabalho. Houve, então, uma grande explosão que atingiu todos e assim a energia foi quebrada em milhares de pedacinhos. Eles vão voltar a praticar a caridade e ajudar outras pessoas em dificuldade material.

 

Eu emito na força do jaguar que da terra mil luzes incandescentes brilham pelo universo. Do espaço transfiro para meu físico esta indução cabalística fazendo do meu porto a minha paz. Esta energia não volta para sua origem, para quem emitiu, porque ela é energia esparsa, quem emitiu fez pela sua inconsciência, mesmo tendo consciência disso.

 

Uma energia só se move tendo um capacitor que armazena eletricamente. Quem conhece os segredos na energia sabe como usar sem perigo de desencarnar. Se não souber usar não interfira na natureza.

 

Salve Deus!

 

Adjunto Apurê

An-Selmo Rá

22.01.2018

 

Sair da nossa lista:

Receber/Deletar

, , , ,

Deixe uma resposta