MISSÃO LUZ

Salve Deus!

 

Nós somos os representantes de um poder imensurável, sem igual, por isso somos muito visados na escolha do caminho.

 

Eu devo muito a Tia Neiva e Pai seta Branca, sim, pois eles me ensinaram o caminho da compreensão pelo qual eu sigo esta jornada. Lá atrás, quando os valores da evolução foram tratados, eu resgatei uma passagem que marcou o inicio da nova era. Isso foi em 1984, quando recebi a diplomação da humildade pela humildade.

 

Eu não deixo os espíritos invadirem nossa casa. Eles ficam lá fora vibrando para nos atingir. Como jaguar centurião eu represento a força do sacerdócio. Muitos espíritos sem luz ficam exigindo entrar, mas as lanças estão cruzadas e só quem pode permitir é o Orixá maior. Foi, então, que um espírito parado na porta do templo pelo lado de fora foi reclamar para Seta Branca que eu não o permitia entrar. Seta Branca estava neste dia aqui atendendo a estes que se perderam do caminho da verdade, Jesus. Seta Branca me chamou e dizendo que tinha um espírito querendo falar e autorizou a sua entrada. Ele veio, Capa Preta, resmungando comigo, porque ele queria falar comigo e ele não queria ouvir. Era meu irmão, meu amigo de longas datas que se perdeu neste destino impiedoso. Não veio brabo, somente autoritário, dizendo o que desejava e sempre oferecendo ouro, riqueza e poder.

 

Nós, jaguares desta tribo, perdemos muitas encarnações pelo poder, pela riqueza e pela desonestidade. Sempre fomos desbravadores e lutávamos até o fim sem se deitar para morrer. Isso marcou a nossa trajetória e finalmente fomos chamados pela espiritualidade para absorver esta transição sem derramar uma gota de sangue, mas com coragem de ficar em pé diante da transformação. Nossos espíritos são conquistadores e nada nos impede de alcançar a glória dos justos sem perder a essência divina.

 

O meu irmão estava comigo no templo e Seta Branca o estava atendendo com muito amor. A nossa vida é regada pela consciência e se não a tivermos teremos que aprender a desenvolver. Sem consciência não chegaremos a lugar algum.

 

As lanças ainda continuam cruzadas na porta e não é qualquer espírito que atravessa sem autorização. Eu fiz isso para proteger o corpo mediúnico de uma obsessão. Muitos não entendem o que seja a energia luminosa e curadora. O templo na sua magnífica existência agrega valores da cultura terrena que expande pelo céu formando um cordão, ou rosário, que purifica os médiuns em suas caridades.

 

Eu agrego valores do conhecimento científico espiritual baseado na cultura dos Grandes Orixás. Magia e ciência. A magia é natural, natureza mesmo, e a ciência é a evolução desta natureza se completando no sol interior. Um dia teremos a maior concentração de fenômenos pela ciência usando a magia na sua especialidade.

 

Quando Ministro Obatalá chegou ele revelou a força de um poder imensurável que se contrapõe na difusão dos segredos desta magia pelo poder da manifestação. O que ele revela com sua chegada é algo de um valor riquíssimo que só os que entendem podem equilibrar esta balança. O sinal da nova era se choca com a velha e assim promovem o descortinar da verdade.

 

Eu não fui autorizado a falar o que ele me ensinou e mostrou. Somente posso dizer que ele está mais perto de nós do que longe. As velhas estradas das mariposas incandescentes, que não são vaga-lumes, elas estão absorvendo o néctar da vida eterna. Cuidado com suas asas cintilantes, nelas têm um veneno oculto que pode cegar em quem encostam.

 

_ Meu filho! Guarde tudo que está tomando conhecimento!

 

O poder das conquistas, sejam em terra ou no céu, demonstram a nossa divisão assimétrica. A ciência ainda não perdoa os desavisados, porém a magia cultua a mesma ciência colocando sabedoria em suas obras.

 

Foi, então, que conversando com o Exu Capa Preta, tornamos acessível sua presença para que ele traga seus adeptos para receberem a luz. Vamos evangelizar pela missão deste homem que sentiu os efeitos da nossa presença neste lado escondido. Eu agradeço a nossa mãe clarividente que me colocou bem longe da massa mediunizada, escondido, pois aqui formamos um apêndice da ordem direta. Tudo estava programado pelo mundo espiritual, desde o inicio em 1957, em 1979, depois 1984, até o final de nossa transição. Em 1988 ela veio espiritualmente no lado de lá da vida eterna me falar a sua verdade. Hoje temos a condição de saber a verdade pelos olhos do céu.

 

_ Meu Filho! Salve Deus! Faça tudo como sempre lhe ensinei! Tia Neiva.

 

A terra vai completando mais um ciclo de existência e os mais agarrados vão sentindo a necessidade de se libertar. Os que já se soltaram estão criando um canal de comunicação direta e prestando maior assistência aos espíritos que se prenderam pela massa mediúnica. A mediunidade pode prender ao invés de libertar. Sim, ela pode tornar a vida uma incerteza pela qual tem um preço amargo que é desistir da sua estrada. Agora, quando pela consciência ela liberta, aí sim, os espíritos se sentem amados e vão trabalhar com mais garra.

 

Eu tenho passado por muitas provações na terra e no céu, porque eu preciso desta oportunidade para apresentar meu roteiro karmico e espiritual. Este acervo construído ao passar da idade e pelos anos de dedicação a esta obra eu vejo que muita coisa mudou. Eu não sou mais o mesmo de ontem e também ainda não sou o de amanhã. A cada dia e cada noite eu delimito o meu mestrado com o que vejo e não vejo. Muitas vezes para não ferir um irmão eu tenho que fechar meus olhos para que ele mesmo descubra sua evolução. Dói, sim, mas a dor é um reflexo passageiro da concentração atômica espiritual. Quem não se evoluir agora não o fará mais em outra vida. Não haverá outra vida sem que esta seja observada.

 

Honestidade.

 

_ Meu filho! Salve Deus! Muita coisa irá mudar! Seta Branca.

 

E já está mudando. Olhem para o céu e vejam os sinais do tempo no templo.

 

_ Tem o Diabo e tem os filhos do diabo! Capa Preta.

 

Salve Deus!

 

Adjunto Apurê

An-Selmo Rá

.11.2017

 

Sair da nossa lista:

Receber/Deletar

Deixe uma resposta