LONGAS FILAS

Salve Deus!

 

Nem todas as filas levam a Deus.

 

Uma pessoa não vira santo da noite para o dia. Não tem como levar uma vida desregrada e noutro dia mudar seu comportamento e sair batendo no peito que se salvou.

 

Nós, mortais encarnados, estamos ainda pagando dividas milenares, dividas que foram contraídas por não saber amar e perdoar. Eu digo que também nunca vou virar santo, mesmo nesta encarnação não seguindo o caminho da facilidade e me enclausurando neste amanhecer, eu ainda sou um espírito a caminho.

 

Eu estive no mundo espiritual, no primeiro estágio dos espíritos libertos do físico, eram enormes filas que se diziam ir para Deus, mas estas filas não andavam, de vez em quando um desistia e saía dali sem saber o seu destino. A conciliação dos organizadores que tinham que colocar ordem nestes espíritos tinha a maior tolerância, porque sabiam que cada um que estava ali tinham seus precedentes, ninguém estava conjurado a uma maior evolução.

 

Vejam no caso de Seta Branca quando em Francisco de Assis se tornou santo da Igreja Católica, ele nem precisaria mais voltar para reencarnar, mas não, ele voltou para continuar com sua missão. A grande ciência espiritual que todos desconhecem faz parte de uma transição do espírito e não dos corpos físicos.

 

Ao observar esta longa fila e os ajustes praticados pela consciência, via-se ao longo, espíritos alinhados com a paciência e outros perdendo a linha pela descrença. Então vinham espíritos que se diziam caçadores e induziam os mais fracos a seguir com eles. Eram sofredores organizados oferecendo um deus pagão, uma maneira de se chegar a ele sem ter que ficar esperando. Eu até diria que era uma forma de corrupção, corromper a verdade pela mentira.

 

Ao eles chegarem se enfeitando e se dizendo evoluídos os que acreditavam eram reconduzidos para fora desta fila. Esta fila se dividia em duas situações, para o lado esquerdo um precipício e para o lado direito outro buraco. Somente caminhando pelo centro eles podiam ter a segurança de algum dia chegar a Deus. Pensei, como estes espíritos agem aqui, teriam a permissão de Deus para isso. Fazendo analise do fato a resposta veio assim: só caí os que são fracos em suas condutas morais. O mesmo principio da terra, sim, porque temos um longo caminho para chegar a algum lugar que não sabemos bem o que seja. Só vamos descobrir a hora que desvencilhar desta roupagem pesada e angustiante.

 

Os homens e mulheres desta terra esquecem que os deveres dos seres é preparar seus destinos. Ser feliz na terra e construir um mundo de alegria sem se manchar com os vícios que consomem a índole humana. Caminhar sempre pelo centro e nunca se esgueirar pelas vicinais tentando cortar caminho.

 

Os espíritos caçadores chegavam em bandos e levavam muitos pela conversa. Eles não eram obrigados a ir, mas estavam fracos e uma boa doutrinação os convencia logo. Assim como aqui no amanhecer, ninguém sabe quem é quem, mas uma boa conversa de esclarecimento tem feito muita mudança no comportamento físico espiritual. A inteligência está no grau de percepção. Quando eu falo pelo sistema mediúnico, muitos não entendem e voltam a querer esclarecimento, isso é falta de confiança em si mesmo e na estrada que aceitou seguir. Nós somos todos iguais perante as leis do universo. Aqui na terra não tem melhor ou pior, aliás, tem os piores que se sustentam pela obstrução do amor, sempre criticando as boas obras, sempre difamando a verdade, sempre se tornando pedra no sapato. A estes espíritos nada vos é regado pelas bênçãos dos céus, porque serão consumidos pela terra que os separara dos demais.

 

Viver uma vida sempre batendo na ponta da faca. Vai chegar um dia que vai furar e este dia poderá estar sozinho sem ninguém para vos dar a mão. Não faça de sua vida um inferno, ninguém tem culpa de seus pensamentos, suas palavras e ações. Se fizeres o bem crescerás como a rama selvagem, porém, se fizeres o mal viverás pelo mal.

 

A pior coisa para um encarnado ou desencarnado é viver na solidão. Não existe sentimento pior que ser rejeitado pela sociedade, porque não teve moral suficiente para conquistar seus amigos. Mas também pela individualidade como sendo um vapor que será moldado pela sua conduta. Todos se afastam, ninguém quer conviver com os desmandos, fofocas e intrigas. Este joguete das ilusões se torna um peso na desigualdade humana, porque, sem ter as respostas pelo merecimento são largados nas esquinas do destino.

 

Prestem bem atenção, olhem para esta nova roupagem do espírito consolador, da verdade e não da mentira. Eu caminho sempre procurando esclarecimento e nem sempre encontro, mas nunca desisto de continuar buscando. Aqui na terra não se tem mais uma base sólida e tranquila de respostas, mas no céu, meus irmãos, têm tudo que necessitamos e precisamos para divulgar as boas ações. As promessas de um mundo melhor estão dentro de cada um. Olhem para seu sol interior e busquem o principio criador.

 

Vocês alguma vez já foram desindividualizados? O conjunto de forças separa o corpo do espírito atingindo o grau de percepção da antimatéria. Ali vemos a verdade de quem é quem nesta encarnação. Somente um grande iniciado tem esta porta aberta para orientar a individualidade e não esconder da personalidade os parâmetros da ciência espiritual. Quer conhecer a sua verdade?

 

Salve Deus!

 

Adjunto Apurê

An-Selmo Rá

29.11.2017

 

Sair da nossa lista:

Receber/Deletar

Deixe uma resposta