BÊNÇÃO – parte dois

Salve Deus!

 

Noite agitada e fria pelos corações em desarmonia.

 

Muitos espíritos vieram me procurar querendo saber sobre esta história. O que mais me preocupa é que estão com sede e não sabem como beber desta água que reflete os bons ensinamentos.

 

As perguntas eram centenas e a resposta o silêncio absoluto. Porque desacreditar em nosso Pai Seta Branca, porque duvidar de sua presença, porque deixar a liberdade espiritual ser trancafiada a sete chaves.

 

Eu fico olhando para os homens desta tribo que perderam o olhar divino e passaram a se alimentar dos terrões duros e secos. É como a farinha seca sendo engolida sem ajuda da água.

 

Vamos assim dizer, Seta Branca não escolhe lugar, tempo e nem grupos. Ele vem por amor, vem para mostrar que alguma coisa está acontecendo nesta missão e o povo está esquecendo que o comando é dele e não da terra. Se ele fechar estas portas e dizer um basta, garanto para todos que nada mais acontecerá e todos viverão largados sofrendo suas cobranças.

 

Quem manda nesta grande nave é este espírito humilde de luz que chega onde é aceito e reflete o seu amor incondicional. Aqui não é projeção, ele vem em Espírito e Verdade. Não existem barreiras que o impeça de chegar na sua casa. Este templo não é meu, eu sou somente um representante que segue suas ordens, sou um simples mortal que reage conforme os mentores vão chegando.

 

As diversas perguntas se tudo isso é possível. Como pode isso acontecer.

 

Eu só digo uma coisa, onde existe amor as portas se abrem com maior facilidade. O amor é a chave de tudo nesta vida e nesta missão, sem ele nós perdemos a chave iniciática. Quantas vezes o Pai foi visitar outros templos e foi proibido de se apresentar porque não era hora e nem lugar. Muitas vezes ele precisava descer ali naquele solo sagrado para abençoar seus filhos e como resposta foi impedido. O Pai não fica triste, ele simplesmente recolhe a sua corte e parte para outra missão.

 

Ai eu pergunto, porque ele escolhe com quem ele quer se comunicar. O segredo desta confirmação está na mediunidade, no registro dos portais de desintegração, integração e reintegração. Somente um médium com abertura tridimensional pode abrir esta comunicação direta. Ser médium não é somente sentar-se naquele banquinho e bater no peito estalando seus dedos, é ser consciente de suas juras transcendentais.

 

Em muitos lugares há uma controvérsia de apresentação, pois outros espíritos se passando pelo nosso Pai estão tomando formas incríveis. É mais fácil enganar se dizendo ser do que sendo em verdade. Muitos jaguares estão tomando bênção ao deus pagão, exus e outros seres. Nada contra estes irmãos que precisam de nossa energia para subirem para Deus, mas representar um espírito é bem mais fácil do que se imagina.

 

Quando Seta Branca vem, ele muda o ambiente onde ele está presente. Todos sentem a mudança, todos sentem a energia, todos são impregnados pela força. Agora quando ele não está ali e somente uma presença anímica o mestre sente um vazio, uma solidão. Assim eu vejo que existe a preocupação dos mentores em arrumar a casa, em se integrarem a transformação.

 

Fazer um ritual somente por fazer acaba trazendo o desconforto para os seguidores do amanhecer. Eu não busco, eu recebo, eu só traduzo.

 

_ Mas em verdade! Quem realmente é Seta Branca nos seus pensamentos! Como vocês podem saber se é ele ou outro ser se passando por ele! Aparelhos anímicos não podem dizer quem é quem!

 

Eu deixei esta pergunta na aura deste povo para ver suas reações. Tentar colocar um ponto de verdade em suas mentes, tentar aproximar mais estes espíritos da luz deste mentor. A terra está se tornando hostil a ponto de proibir o dono de esta linha mística esotérica entrar em seu comando. Os Oráculos podem deixar de emitir assistência direta, porque o céu reflete esperança, enquanto a terra se prende aos resíduos.

 

Ninguém pode reconstruir sobre os escombros. Disse Jesus.

 

Tem uma chave ritualística que fora deixada por Tia Neiva e somente os grandes iniciados da alta magia respondem por ela. Muitos já desencarnaram sem revelar, outros esqueceram pela incubação do conhecimento, e outros não receberão mais.

 

A doutrina precisa de todos com conhecimento suficiente para mudar o roteiro desta jornada. Boa sorte a todos.

 

Ai eles me perguntaram de mim. Eu sou simplesmente um doutrinador, nada mais, nada menos.

 

Salve Deus!

 

Adjunto Apurê

An-Selmo Rá

26.10.2017

 

Sair da nossa lista:

Receber/Deletar

Deixe uma resposta