INSTRUTOR UNIVERSAL

Salve Deus!

 

Dizem, Mestre Instrutor Universal, mas não entendem o significado desta triangulação.

 

Eu estava atendendo uma família espiritual. Estavam com problemas sérios de reajustes com os elos na terra, porque tudo que ocorria na terra e no céu estava dando problemas, pois aquela energia que se transportava pelos terminais estava dando choques a cada plano interligado.

 

Naquele momento de aconselhamento espiritual eu recebi um aviso. Tinha que ir o mais depressa possível para minha base espiritual, pois o primeiro mestre que subiu da terra para receber as instruções estava me aguardando. Eu resolvi sem delongas esta assistência e fui de encontro ao jovem que transportado da terra me aguardava. Era um jovem moreno claro e já de uniforme branco ansiosamente me saldou.

 

Os preparativos da nova ordem espiritual, sem medo da verdade e sem se confundir com os falsos profetas, a missão estava se desdobrando para a captação do conhecimento além terra. O sistema mediúnico que agora rompe as barreiras do universo está afrouxando um pouco as rédeas do físico para que sejam todos assistidos em suas evoluções.

 

Meu primeiro aluno espiritual. Sim, depois de uma longa batalha para promover a leitura dos escritos entre acertos e desacertos eu sinto que estamos mais conscientes da verdade suprema. Os espíritos que já tem consciência divina estão se largando para o espaço em busca de conhecimento, e eu não posso alegar falta de preparo para difundir a escola do caminho.

 

O que eu vejo na sequência dos fatos é que na terra todos ainda estão prisioneiros de uma luta e a cada dia está se tornando mais áspera, mais doída, porque o homem está se afastando de suas metas e se endividando pela dor. O primeiro espírito a pedir ajuda para seu eu interior, porque já está preparado para os grandes eventos além terra.

 

Ser mestre instrutor é um caminho sem volta, é como beber da água da vida eterna matando sua sede com uma simples gota purificada. O orvalho espiritual, que dizemos prana, sim, meus irmãos, ele floresce na densidade dos planos luminosos e desce como encanto atingindo a crosta terrena e cada encarnado recebe em conformidade ao seu merecimento. Geralmente o prana se localiza no local do seu nascimento e ali ele vai abastecer sua vida curando suas enfermidades.

 

Se o prana não encontrar o destino ele não retorna, ele se vaporiza, é como a chuva que desce das nuvens. Muitos mudam de lugar deixando de receber esta energia vital, e passam a receber no desconforto de sua existência.

 

A primeira aula foi estabelecida pelo prana, qual nos desperta a força do nosso aledá, nosso compromisso espiritual materializado. Espiritualmente, pelas nossas consagrações, nós recebemos outras energias que cumprem o papel do prana. Esta transmutação nos dá segurança para canalizar esta fonte diretamente sobre nossos corações, despertando nossos espíritos para a cura.

 

Vejam como é interessante como surge o prana. É algo divino e sigiloso, porque para conhecer o principio da vida temos que entender da morte. Os três reinos que nos sustentam ficam alimentados pela força que se desloca dos planos luminosos para a terra. Nossos espíritos são alimentados por esta energia sutil, gota a gota, restabelecendo a ligação temporal com nossa individualidade.

 

Eu dava aula para aquele mestre que não tirava os olhos de mim. Mas o interessante é que na abertura tridimensional os espíritos já começam a se movimentar em busca de conhecimento etérico. Ele estava tão vidrado que queria aprender mais, queria muito participar da instrução, mas tudo tem a sua hora certa. Não podemos avançar os limites da nossa percepção para não se deixar contaminar pela vaidade.

 

Quando eu estava assistindo aquela família, eu estava em missão. Todos são partes do mesmo sistema, mas modulado em partições que se divergem no alinhamento de suas condutas. Porém, a gravidade orbital fecha o ciclo e prende na angustia os necessitados. Todos passam a sofrer do mesmo ajuste karmico sem dar preferência ao espírito liberto.

 

Medo. Sim, o medo prega peças aos interlocutores da mesma ideia, então eles se afastam de seus livres arbítrios e se enclausuram na modesta carcaça. O resplandecer da aurora boreal que na curvatura do globo expande seus efeitos luminosos trazendo esperança. Os olhos se arregalam pela imensidão colorida fazendo os corações palpitarem de emoção.

 

O sinal da nova era está refletindo na terra, tentando chegar nos seres habituais, mas ainda a cegueira karmica não os deixa ver que o céu está próximo, cada vez mais perto. A terra e seus habitantes exaustivamente camuflados pelas necessidades materiais. Quando deixarmos este ciclo para entrarmos em outro mais sutil, nós vamos sentir a perda do metal precioso, porque as energias são transmutadas pelos organismos e não pela indústria.

 

Foi, então, que prevendo esta nova etapa de evolução, este primeiro aluno chegou como mariposa em busca da luz. O Evangelho Vivo e Resplandecente, sim, evangelizar, esta é a mais nobre missão dos espíritos. Evangelizar não somente pregando na cruz do calvário, mas dissipar ela e assumir sua roupagem de um navegador feliz em sua nau pelos sete mares. Quem tem coragem de se revestir de uma nova roupagem luminosa. É pura luz, não existem tecidos, simplesmente é energia luminosa.

 

Aula terminada. Tudo voltou ao seu normal.

 

Salve Deus!

 

Adjunto Apurê

An-Selmo Rá

25.10.2017

 

Sair da nossa lista:

Receber/Deletar

Deixe uma resposta