MISSÃO É MISSÃO

Salve Deus!

 

Prevendo novas buscas nós vamos infiltrando as legiões na formação do quarto poder de Deus.

 

Eu estive esta noite no Vale dos Deuses espiritual, sim, lá este complexo iniciático está realizando os fenômenos da cura. Algo extraordinário que só não está completo pela insuficiência da ligação com a terra. Os trabalhos lá são diretos e emitem uma faixa esclarecedora sobre as mentes atrofiadas. O cruzamento de forças diretas manifesta a correspondência do capitulo seguinte ao anterior, sim, é uma nova história, um novo recomeço.

 

Ao cruzar a espada do sol com a lua o jaguar recebe um manto iluminado em sua aura, coroamento, depois ao formarem suas juras transcendentais, segredo, eles vão se alinhando nos aledás. O sol, Obatalá, emite enquanto a lua proporciona o enriquecimento, Olorum, para formar os plexos na absorção ectoplasmática. Todos vão sendo encharcados pela força até o limite da desintegração, que é quando explode as centelhas cósmicas atingindo a terra. Um raio circular do centro para a periferia em forma de onda vai assumindo seu papel de levar a mensagem e a cura.

 

Olhando de cima parece com uma grande explosão que vai subindo e ao mesmo tempo se alastrando e se perdendo no etéreo plano. Os 108 aledás que se projeta na estrela seca cruzando pela pirâmide nos escudos refletores e defletores, sim, o quarto poder de Deus, a grande Cassandra, uma nave em transição. Este laboratório expressa o sentimento da máxima iniciática que cura pela força induzida.

 

Este é o quarto poder de Deus, como a Clarividente me disse ao lhe entregar a maquete.

_ Meu filho! Somente das pessoas passarem por dentro sairão do outro lado todas curadas!

 

Este fenômeno que era o labirinto de Ramsés se transformou no Vale dos Deuses. Sim, espíritos de grande hierarquia universal compondo a chamada de um mundo dinâmico e atuante convergindo seus poderes do céu para a terra. Uma pena que Tia Neiva não conseguiu implantar este projeto no Vale de Brasília, pois daria outra conotação da verdade sobre os que querem ficar com seus olhos tapados. Só são cegos por conivência, sim, estes são os piores cegos tratados pelo espiritual.

 

Quinze mil anos se passaram desde a velha era que mantinha segredos da grande obra da arquitetura de Deus. Um mundo de cientistas preparados para dar o pontapé inicial da nova era a este planeta. O que aconteceu foi à mesma cumplicidade que estamos tendo hoje, o homem se fechou na sua velha estrada, no seu velho coração, e perpetuando seu destino karmico jogou fora a chave. As esferas atômicas estão chegando muito perto da sensibilidade humana e vai deixar muita gente fora de sua caixinha.

 

Os trabalhos neste grande complexo, Vale dos Deuses, está acontecendo e ampliando sua energia ao passo da chegada do espírito que vai abrir as fronteiras desta formação. A transformação das mentes pelo desejo será atrofiada pela perca dos valores espirituais.

 

Boa sorte jaguares do terceiro milênio.

 

Salve Deus!

 

Adjunto Apurê

An-Selmo Rá

01.10.2017

 

Sair da nossa lista:

Receber/Deletar

Deixe uma resposta