IDEOLOGIA

Salve Deus!

 

Está havendo uma massificação dos vales das sombras em cima de pessoas que se dizem influentes na sociedade para alastrar a desmoralização social, fazendo a ruptura do respeito entre pais e filhos.

 

Eu, esta noite, estive acompanhando de longe um grupo de artistas da terra. Eu estava vendo todos, mas eles não me viam, porque ao entrar na dimensão invisível a terra não percebe o que acontece deste lado da vida. Este grupo são pessoas influenciáveis que tem certa abertura no seu comportamento e são muitos fáceis de serem conduzidos em seus pensamentos. A razão desta tragédia cultural é justamente retirar do seio humanitário a razão da fundamentação cristica da origem familiar. É uma luta desenfreada para quebrar os laços matrimoniais, da destruição catastrófica do amor, dos lares.

 

Ao vê-los agindo na calada da noite em seus palcos sombrios eu vi a cumplicidade dos planos na fomentação de ideias falsas que incutidas na mente distorcem a verdade. Não que as famílias sejam realmente verdadeiras em suas obras, pois são espíritos em reajuste dentro do seu circulo humano e social, mas o respeito pela integridade dos laços dá a cada um o seu roteiro a seguir. Cada espírito que reencarna dentro de uma condição vem porque ele pediu pra vir e para poder compreender a sua existência. É ali que ele irá aprender os valores primordiais da sua evolução.

 

Ao chegar em uma escadaria onde a artista subia para fazer a apresentação, em uma praça, o homem, artista, ficou abaixo dela para encenar o quadro que iria violentar a moral dos que por ali passassem. A mulher se despiu e tão logo começou uma atração sexual dos que ali estavam assistindo. Por trás desta cortina de fumaça, onde eles não enxergavam, havia uma multidão silenciosa se degradando com a cena, sim, espíritos oriundos das sombras em total desarmonia fantasiando e estimulando aquele povo. O casal ia demonstrando e o povo ia sendo cativado pela legião de sofredores.

 

Pareciam bêbados sendo conduzidos ao purgatório de suas fantasias. Sem noção da realidade aplaudiam como se fosse uma coisa atraente e bonita. Eu fiquei abismado, não tanto com este casal de atores, mas pelo que estava por trás dos bastidores. A dupla estava irradiada pela orgia dos sexus e isso estava adentrando cada coração presente ao espetáculo deprimente.

 

Mais uma vez o grito da imprudência prevalecia na orgia. Espíritos que se perderam em Sodoma e Gomorra estão voltando a atuar neste cenário de mistificação teatral. Nem todos estão na mesma linha, mas sempre há um começo para que não haja fim. Estes espíritos estão buscando os que podem levar mensagem embutidas em suas ações. Mensagens da deturpação da sociedade.

 

Ao ficar ao longe vendo este espetáculo doentio, sim, doentio pela exaltação de um deus fictício e cheio de controvérsias, um deus pagão, deus da desmoralização, da orgia e da morte. O que eles querem com isso tudo é justamente abrir as portas da infelicidade humana e familiar, pois depois do apagar das luzes a morte será um arrasto para muitos. Muitos suicídios serão cometidos pela violenta apresentação dos vales das sombras. Enquanto o medo estiver presente haverá segurança, mas depois que ele for derrotado, aí sim, todos vão perder a essência de sua vida.

 

Tenham medo, não tenham coragem de entrar por este caminho, pois ao enfrentarem de corpo aberto não terão chance de se defender, aí será tarde demais.

 

Eu recebi um caminho que me mostra as ligações temporais pela mediunidade e isso tem me preocupado imensamente, pois ninguém conhece seu próprio irmão, seu próprio filho ou pais. Tia Neiva quando não estava mediunizada era simplesmente Tia Neiva, agora, quando ela estava mediunizada, ela era a Clarividente Neiva, era a voz da razão, na força que se liga do passado ao presente para o futuro.

 

Mediunização, todos sabem entrar nesta sintonia quando vão ao castelo do silencio fazer sua individualização interior. Porém, existem vários tipos de sintonia que refletem cada médium em sua conduta. Uns vão buscar e outros já têm. A particularidade desta transição está composta em cada reencarnação, pois são espíritos que já tem certa disponibilidade de se conduzir pelos efeitos encarnatório, como no caso de Tia Neiva.

 

A formação desta chave cabalística não nasce com todos, ela vem compondo cada vida e cada espírito. Como digo, ela vem de cima e já nasce trazendo a ligação e interligação dos “eus” sedimentados pela matéria e pelo espírito. São forças que se entrelaçam na matéria e no espírito em diferente formação. Um espírito clarividente já vem com sua abertura no processo de sua vida terrestre. Eles são mensageiros de uma esfera superior, como no caso de Jesus, um ser autônomo, um emissário das alturas. Jesus nasceu nesta terra, mas ele não pertencia a ela. Ele era desligado da representação física.

 

São estes espíritos que vem justamente clarear os caminhos de alguma forma, mas eles não são entendidos pelos demais, sempre serão crucificados, serão banidos da sociedade e se duvidar perseguidos e mortos. Serão sempre considerados loucos em suas missões. Para se entender uma missão iniciática é preciso desvendar seus enigmas, é preciso estar presente para ter certeza de estar preparado para ser subtraído da sua formação e assumir outra em diferente estágio e proporção.

 

Ninguém que esteja fora do circulo da nova era entenderá o que eu escrevo, já os que já estão dentro e preparados será como um colírio suave. Julgam-me como um ser qualquer, assim disse também Neiva, que a julgavam como uma mulher qualquer, mas está aí a prova dos 12. Para os bons samaritanos uma gota de água é como um jarro cheio e impregnado de energias.

 

Eu espero que todos avaliem suas missões e vejam como nossa sociedade está se afundando no próprio dilema de suas existências.

 

Salve Deus!

 

Adjunto Apurê

An-Selmo Rá

30.09.2017

 

Sair da nossa lista:

Receber/Deletar

Deixe uma resposta