MISSÃO DO DIA

Salve Deus!

 

A missão do dia reflete em nós uma preparação do nosso físico e do nosso espírito.

 

Ao registrar mentalmente sua participação nos atendimentos do templo, nós vamos se deslocando espiritualmente e ao chegar no templo espiritual começa uma preparação para aquele dia. O espírito revê seu comando, seus trabalhos, sua movimentação. Nunca diga pela sua boca física que vai trabalhar no templo, nunca, pois geralmente os espíritos zombadores fazem de tudo para não deixá-lo ir. Diga, a eu vou passear, vou me divertir, aí eles não te incomodam. Pegue sua indumentária e sem alardear sua missão, vá para seu templo.

 

Eu, depois desta passagem ferrenha que tive com estes dois espíritos, voltei para meu leito, mas aquelas imagens que me perturbavam foram saindo devagar, conforme eu ia fazendo as preces, eu ia suavizando meu coração. Como hoje é dia de atendimento, eu saí do corpo novamente e fui para o templo para preparar o trabalho do dia. Chegando lá eu estava arrumando a casa quando um espírito veio visitar. Ele parecia não era da terra, ele tinha um aspecto normal, mas o que chamava a atenção eram duas flores na sua blusa branca com mangas longas. Usava uma calça tipo jeans azul escura com um cinto normal, cabelo curto e bem arrumado, moreno claro. Eu o vi quando passou por frente ao Cristo e veio na direção de Mãe Iara. Eu estava ali na cura dando alguns retoques. Não era mal, estava curioso como eu, porque a vida nos reserva ligações com os dois mundos.

 

Ele ficou ali no templo e eu voltei para meu corpo. Os espíritos não vêm com seus nomes escritos neles, se quiserem se identificar eles tem permissão, mas se não quiserem ninguém os obriga. A nossa missão é justamente esta, receber os que precisam de amor e carinho, os que estão perdidos no mundo, os que sofrem pela falta de fé e os visitantes.

 

Eu reconheci neste espírito uma pessoa encarnada, um cunhado meu que ainda vive na terra, mas perecer não é ter certeza. A missão do jaguar é a maior verdade que está sobre esta terra. Não podemos ignorar o que somos, quem somos e o que estamos fazendo. O sacerdócio de Jesus é o comprometimento do nosso coração com esta transformação milagrosa que estamos vivendo. Quem em sã consciência vive esta evolução sem ter a sua história, os seus enredos para contar. Conte a sua evolução, cante a sua alegria e dissipe as nuvens cinza que sempre tendem a escurecer a visão.

 

Quem canta seus males espanta, porque cantar é louvar a Deus.

 

Salve Deus!

 

Adjunto Apurê

An-Selmo Rá

09.09.2017

 

Sair da nossa lista:

Receber/Deletar

Deixe uma resposta