ENERGIA ESPARSA

Salve Deus!

 

Curioso observar como um plexo sofre com uma descarga negativa pela corrente esparsa.

 

Eu estava abrindo os trabalhos quando fui interrompido na leitura do evangelho, onde falava sobre Jesus.

_ Tá vendo meu filho! Nem Jesus foi aceito pela terra e nem seu corpo foi deixado plantado neste solo!

 

Eu parei um pouco e retornei a leitura dando uma explanação do que me foi dito mentalmente.

 

Ministro Apurê em espírito em verdade comandou este trabalho e eu somente observando a reação do corpo mediúnico. Foi então que um doutrinador chegou, não muito bem, desarmonizado, eu olhei para sua aura e as energias se desencontravam, do seu plexo parecia saírem relâmpagos, ele estava com uma energia esparsa. Seria sintoma de médium passista, mas não, era somente uma corrente atuando em sua aura. Dores de cabeça diretamente no cerebelo poderiam desencadear uma fusão nos neurônios, já que a energia atua de forma concentrada nesta área do corpo físico, desencadeando desequilíbrio físico e nas funções vitais.

 

Eu o deixei ali no templo, deixei primeiro as correntes positivas de Mayanti e de Tapir fluírem em seu beneficio, para depois tomar as providencias com um trabalho contagem de satay, que é a desmagnetização do plexo. Este trabalho tem a regência do raio de Araken, sim, ao invocar esta força ela chegou concentrada e benéfica para os trabalhadores convidados. Quando a energia esparsa é absorvida pelo plexo, sete dias mais ou menos, a pessoa sofre horrores, e se não tiver um canal que liberte ela pode adoecer fisicamente.

 

Muita calma e conhecimento da ciência espiritual para na hora certa poder agir e reagir dando suporte ao comando espiritual. Assim com aplicação das forças conjuntas o plexo sofreu uma descarga magnética em cima da força animal, resultando numa explosão de átomos. Na terra não se presencia nada, mas no campo visual espiritual é diferente, tudo ali, sem mistificação.

 

Ministro Apurê, força de uma missão, força de um comando maior. Eu só fico olhando pelas fendas abertas no campo da psique humana o resultado de tanta lucidez, tanto empenho em nos trazer a segurança de uma jornada. Para quem trabalha só na terra recebe os benefícios, mas para quem trabalha nos dois planos a ligação temporal não fecha os ciclos, eles continuam se atraindo e retraindo. Vejam o que uma corrente esparsa faz com os seres humanos. Devemos ter muito cuidado pelos caminhos desta terra e saber pisar em outros terrenos sem ferir a evolução.

 

Quando vivemos sem sintonia, sem prestar atenção, sem ter uma orientação espiritual, nós atraímos estas energias e como elas nos fazem mal. Se não tiver muito conhecimento ela vai minando também a vida material. Uma questão de tempo para enlouquecer e sair da caixinha de uma vez, aí, nem os mentores podem curar mais.

 

Prestem atenção, não façam como o espírito errante que caminha sem noção e não se liga aos sinais que vem do céu. Em cada lugar, seja onde for, existem barreiras que são alimentadas pela variação sentimental dos laços materiais. São como campos de força presos naquele local e ao passar por ali você sente um arrepio.

 

Ao sair do trabalho as células vitais do doutrinador estavam recuperadas e reorganizadas. Só espero que tenha aprendido a lição de casa.

 

Salve Deus!

 

Adjunto Apurê

An-Selmo Rá

09.09.2017

 

Sair da nossa lista:

Receber/Deletar

Deixe uma resposta