ENERGIA ESPIRITUAL

Salve Deus!

 

A energia espiritual quando vem junto com Seta Branca ela chega a estalar ao bater na terra. Cria um campo magnético que brilha como se fosse fósforo.

 

Eu e minha ninfa estávamos no templo espiritual trabalhando quando esta energia desceu cristalina. O templo ficou com uma luz brilhante e no solo pareciam cristais que ao pisar faziam barulhos como se estivessem estourando. O canal se formou diretamente do reino central sobre o templo e ali se via a verticalização das forças. Primeiro desciam na vertical e depois horizontalizavam indo em direção a necessidade da terra. Tão logo o Grande Orixá surgiu entre os pensamentos convidando a todos a reunirem-se.

 

Eu, neste momento me lembrei de minha amada Janaína. Lá atrás, em 1976, quando fui emplacado pela clarividente do amanhecer, ela estava ao meu lado. Quando Tia perguntou-me quem era a minha princesa escolhida eu não titubeei e disse-lhe o nome. Tia sorriu e registrou a minha princesa. Relembrando as sete fazendas que faziam parte deste acervo junto com Pai João e pai José Pedro de Enoque.

 

Eu formei o meu acervo doutrinário nestas 5 mil histórias vividas diretamente na consciência do jaguar, um pequeno mestre doutrinador. O viver a missão requer positivamente estar impregnado pela vivencia cristica. Muitos ainda estão presos aos dotes terrenos e repensando seus caminhos materiais ficam sujeitos as desconformidades do espírito.

 

Eu tive um grande amigo e irmão. Foi ele quem me acolheu no meu primeiro passo nesta missão. Alencar, assessor da clarividente. Como ele não podia ter um povo diretamente, pois sua missão era junto de Tia Neiva, outra raiz me foi pedida. Alencar foi um mestre que sempre me ajudou indiretamente. Até um pouco antes de sua passagem para o infinito mundo espiritual ele me chamou em sua residência na terra. Como jornalista e mestre eu atendi ao seu ultimo pedido, uma matéria desabafando seus ais. Dei a ele todo o direito de falar a sua verdade, pois ninguém merece morrer no esquecimento.

 

Hoje, recordando os velhos bons tempos de outrora vamos navegando por mares turbulentos. A construção de um caminho pode demorar uma eternidade ou simplesmente acontecer na condição de cada encarnado. A minha sempre foi de muita luta, não somente na terra, mas também no céu.

 

Ao encerrarmos os trabalhos no templo espiritual fechamos a porta do templo, mas a energia ainda estava viva. Ela brilhava e fazia aqueles estalos. Uma coisa me deixou apreensivo, espíritos não ligados ao nosso comando estão subindo para a crosta. Eles estão atuando diretamente na psique humana e vão incomodar muita gente quando possuírem seus corpos.

 

Vai ser assim do nada levando para o nada. Um abismo sem profundidade se abrirá sob os pés dos encarnados e serão sugados mentalmente. O campo magnético negativo se abrirá em locais previamente escolhidos por eles e partindo dali quem passar pelo local será irradiado. Seria um tipo de energia estática, mas em contagem de valores acima do conhecimento. Primeiro começará pelos pés chegando até a nuca. Muito esquisito. Algo que ninguém saberá descrever. O impacto desta força será como uma explosão ao tentar ser controlada.

 

A nossa missão é algo sagrado que não prejudica ninguém, que cura, que ama e perdoa. Mas de lá, dos vales das sombras, coisa boa não será. A humanidade irá presenciar fenômenos absurdos de movimentação negativa, principalmente nestas convulsões sociais. O remédio é amargo e necessário para conter o avanço da ciência dos vales negros.

 

Por isso eu admiro cada vez mais Pai Seta Branca. Ele está fazendo de tudo para que não sejamos atingidos pelas descargas magnéticas negativas. Os instrumentos criados pelos cientistas negros irão interferir diretamente na crosta da terra. Enquanto eles não tinham acesso diretamente no sol eles estavam planejando como chegariam aqui. Criaram um portal interdimensional, do escuro para o claro.

 

Vejam, quando um cabo de energia arrebenta e encosta na terra ele cria um campo magnético e quem passar por ali vai sentir suas pernas amortecidas. A variação desta corrente vai depender da distancia da ocorrência. Quanto mais perto mais perigo da morte passo a passo. O vórtice entre a abertura das pernas prenderá esta pessoa no local e ela morrerá pela parada cardíaca. Assim vai acontecer com a chamada deste fenômeno além matéria, o fenômeno espiritual prenderá o espírito no descompasso de sua abertura. Poderá romper o elo encarnatório.

 

Não sei quando e onde isso poderá acontecer, porque existe ainda a variação tecnológica que eles não aperfeiçoaram. Para que isso aconteça seria necessário muito ectoplasma humano. E aí que vêm de encontro os conflitos de interesses entre países. Pois a guerra irá vitimar milhares de pessoas em todo mundo. Pai seta Branca está trabalhando incessantemente redistribuindo as cargas do planeta redirecionando sobre estes locais de formação perigosa. O mundo não tem mais espaço para a destruição da civilização, mas tem ainda os que teimam em movimentar estas ondas da morte.

 

Os continentes estão sofrendo as descargas psíquicas dos seus ocupantes. É pior que a bomba atômica, porque ela não cessa pelo dia e a noite fica na perpendicular atuando em cada mente. A vibração desordenada dos humanos é muito mais perigosa que os efeitos da explosão nuclear.

 

Tudo por um triz e por uma experiência.

 

Salve Deus!

 

Adjunto Apurê

An-Selmo Rá

07.07.2017

 

Sair da nossa lista:

Receber/Deletar

Deixe uma resposta