PRINCESAS

Salve Deus!

 

Ao entrarmos no mundo encantado das princesas nós deparamos com uma sutil presença que nos transforma. Geralmente a incorporação das princesas vem com um leve sorriso na face do mestre apara. Elas são muito amáveis e quando elas estão em comemorando alguma coisa o templo fica diferente.

 

Um dia eu estava no comando dos tronos amarelos quando tinha uma garotinha passando nos trabalhos. Ela tinha mais ou menos 9 anos, mas o que me deixou mais intrigado foi à presença de Janaína. Ela veio por trás da menina e começou a cutucá-la. A menina dava pulos nos tronos e espantada não sabia por quê. O preto velho atendia e ela, Janaína, vinha e dava um cutucãozinho. Foi assim no atendimento todo. Mais tarde fiquei sabendo que esta criança tivera uma encarnação com elas na era dos oito.

 

Foi uma felicidade para Janaína tê-la reencontrado aqui na casa de Seta Branca. Assim ela acompanhou por todo o templo e onde ela estava não havia sossego. Até que ela foi embora, após o atendimento, sendo levada por sua mãe. Eu fiquei somente olhando aquela cena, mas na hora nem me toquei, porque estava em sintonia e preocupado com os pacientes que aguardavam sua hora.

 

Quando eu chego no jardim de Mãe Iara, nestas viagens fora da matéria, as princesas vêm de encontro querendo noticias da terra. Vejam que naquele tempo eu estive encarnado em Barão de Cotegipe, em uma das sete fazendas. Tempo do coronelismo, da escravidão, onde escravo era açoitado como animal. Uma era difícil de muita dor e revolta.

 

Mas ao chegarmos no mundo das princesas nós recebemos um grande presente que é o talismã da felicidade. Elas não ficam tristes, elas sempre irradiam alegria. Até hoje eu as vejo chegando no templo, principalmente no emplacamento dos doutrinadores. Elas vêm com Mãe Iara no ritual e fazendo a primeira consagração daquele missionário, entregando a ele a rosa vermelha. Quando incorporam nos tronos para o emplacamento tudo muda, tudo se transforma.

 

O doutrinador recebe das mãos de sua princesa a responsabilidade do seu sacerdócio. Como antigamente que havia a iniciação de Mãe Iara, depois foi substituído pela Dharman Oxinto. Mãe Iara iniciou muitos mestres na alta magia. Os primeiros passos ou contato dos branquinhos com seus trabalhos começam nesta contagem, nesta classificação do emplacamento. Depois, com seus plexos iniciados vão subindo os degraus de suas evoluções.

 

Muitos que hoje chegam nestes caminhos espirituais desconhecem todo trabalho feito pela clarividente, muitas vezes até julgando os que receberam de suas mãos o comando desta nave. A doutrina do amanhecer é simplicidade, sim, pois se realmente fossem aplicadas as leis do universo ninguém chegaria ao seu aledá.

 

Foram anos de preparativos, de rituais, de formação do povo e das falanges. Tudo para se chegar na atualidade formando uma cultura milenar. Quem sempre esteve com ela pode descrever a dureza que foram estes anos de preparativos. A maior luta foi em traduzir os enigmas do céu na terra e para isso a vida foi sendo desgastada aos poucos para que os jaguares sobrevivessem as suas intempéries.

 

Os modelos ao passar dos anos foram tomando uma dinâmica mais precisa e amparada pela visão extra cósmica tudo se configurou nesta roupagem. Mãe Iara, responsável pelas indumentárias, pede sempre muita atenção e dedicação para com os uniformes. Ela vem sutilmente e puxa a orelha do seu filho ou filha.

 

Vendo este quadro de felicidades eu reflito na transformação do homem de pedra em um ser reestruturado. Homem íntegro que sabe o que deseja, sem ferir os sentimentos de ninguém, ele ama e perdoa. Ninguém na terra tem conhecimento da verdade plena, mas muitos adiantam seus passos e vão discutir seus temas como sendo donos dela.

 

A magia que falo é da felicidade. Não existe magia maior que esta. Ser feliz muda seu quadro psíquico, sentimental e encarnatório. Não haverá depressão que possa atingir o seu centro coronário. Seja feliz dentro de sua responsabilidade.

 

Esta noite fenômenos estranhos a vida cotidiana. Fenômenos que chamam a atenção pela peculiaridade existencial. Coisas que vão se agregando ao comando dos jaguares. Vejam esta maravilha, vejam o que está acontecendo nos templos, vejam pelos olhos do espírito e não pela mente humana.

 

Vamos desvendar os segredos de nossas juras transcendentais. Este curso que muitos estão recebendo está formando os jaguares da nova era. Fico feliz pela humildade em receberem esta cartinha.

 

Salve Deus!

 

Adjunto Apurê

An-Selmo Rá

30.06.2017

 

Sair da nossa lista:

Receber/Deletar

Deixe uma resposta