CASA DE SETA BRANCA – PARTE DOIS

Salve Deus!

 

A pressão espiritual continua, pois os espíritos não querem luz, eles querem as trevas.

 

O mundo espiritual na sua simbologia universal começa a trazer efeitos da própria alma dos encarnados que sustentam a obsessão material em seus corações. Eu estou preparado com meu povo e minhas origens espirituais para ascender esta chama da vida. A minha missão é o meu sacerdócio e por ele morro somente para não deixar a luz Cristica ser apagada da pira.

 

Os vultos negros, espíritos sem procedência luminosa estão atacando de baixo para cima como lobos famintos e ferozes a ponto de se matarem uns aos outros dominando seus territórios com o cheiro da morte. Os espíritos da luz têm feito muitas maravilhas não deixando sermos vitimas destas dores que irão contra atacar na natureza de suas inverdades. A luta é constante para quem vive o amanhecer, para quem tem missão, para quem foi escolhido para sustentar a bandeira rósea de Jesus.

 

À noite, após os raios solares diminuírem sua intensidade, eles vêm à tona com fome, com sede querendo justiça. São feras acrisoladas no desejo humano, desejo de vingança. Os seres humanos ligados a estas feras deverão pagar muito caro pelas oferendas feitas nas esquinas de suas juras transcendentais. Eu não fiz mal a ninguém, não conjurei a morte e nem pedi clemência por eles, porque a lei é certa, aqui se faz, aqui se paga.

 

Seta Branca nosso Pai está vendo tudo e todos, está dando noticias de como estão às coisas tanto no céu como na terra. E todos conhecem este espírito da luz, sabe de seu poder e de sua força, mas querem brincar com ele, querem tomar a casa dele, querem bagunçar seu compromisso com Jesus para com esta terra. Pobres almas enfraquecidas pelo desejo material, pobre homens perdidos em suas ambições. Seria tão melhor ser amigo que inimigo, mas os seres humanos preferem os espinhos ao perfume das rosas.

 

Eu não vou carregar a cruz de ninguém, a minha já é pesada demais. Com coragem e determinação e com auxilio dos mentores vamos erguendo a bandeira rósea, no mais alto mastro desta força absoluta. O destino destes seres será um calabouço de gemidos e dores. Estão criando uma masmorra em seus corações e depois disso com os pactos entre os mundos negros serão escravos destes senhores trevais.

 

Quem é contra nossa missão é contra o sistema cristico.

 

Respeitamos todos que não nos respeitam. Respeitamos porque temos conhecimento científico espiritual, sabemos que agora não podemos mais tomar a vida e sim dar a vida. Seta Branca já demonstrou para este povo o que ele pode fazer, mas se fazem de esquecidos, de surdos e cegos. Eu não esqueci não, eu vou colocar na mesa tudo que sei a respeito de tudo que querem esconder. Desde o principio até o dia de hoje. Quem vai experimentar esta cruz será os que julgam esta missão como coisa insignificante.

 

Desculpem meus irmãos, mas estou doutrinando este espírito que veio com uma multidão invisível e negra para tomar uma coisa que não pertence a esta terra, mas a Deus, a Jesus, a Seta Branca. Eles estão lendo tudo pela força do meu espírito, pela força do meu amor por esta doutrina. Ministro Apurê, Ministro Ypuena e Ministro Canaã estão de prontidão com suas legiões para não deixar estes homens sem esclarecimento praticar esta enfermidade.

 

Agora eu os deixo nas mãos dos seus destinos karmicos e de suas juras transcendentais. Deus é quem vai julgar este processo penoso e doloroso.

 

Salve Deus!

 

Adjunto Apurê

An-Selmo Rá

20.05.2017

 

Sair da nossa lista:

Receber/Deletar

Deixe uma resposta