MISSIONÁRIOS EM MUITAS LINHAS

Salve Deus!

 

Quando vamos em missão não devemos esquecer que muitos vão em a nossa sintonia.

 

Uma coisa que eu vi neste lado da vida invisível que me deixou muito apreensivo. Acidentes nas estradas do Brasil. Ao chegar em uma BR havia acontecido um grave acidente com um ônibus, vários corpos estendidos no asfalto, precisamente 32 pessoas mortas e outras feridas. Tão logo avistamos uma nuvem negra saindo carregando o que podiam carregar. Eram espíritos de uma falange que atua nas estradas, eles causam acidentes fatais e depois sugam o ectoplasma dos mortos levando seus espíritos como escravos. A nuvem foi se dissipando pro meio das matas até que sumiu por entre a terra.

 

Precisamos ter cuidado, fazer o registro das viagens no livro de Pai João que fica no radar de comando. Muitos estão esquecendo de fazer este pedido, de onde partirá, data, para onde vai, quando voltará. Isso garantirá uma segurança espiritual para todos.

 

Voltei deste lugar e ao entrar no templo estava preparando a casa de Seta Branca para mais um atendimento. Ao reparar para fora havia chegado muitos missionários para conhecer esta casa. Eram muitos missionários em muitas linhas, sim, cada qual tinha um objetivo de meta a ser cumprida. Foi então que eles entraram e já começaram a conhecer este primeiro templo da região sul do Brasil.

 

Muitas ideias e muito trabalho para deixar a casa com todos os trabalhos e rituais funcionando. Aqui é um local preparado pela alta magia de Nosso Senhor Jesus Cristo e dentro destas matas ao redor do templo existe um encanto, o povo do Xingu, estão com sua aldeia assentadas neste pedacinho de mata virgem. Caiapó é um grande amigo que também está aqui nesta mata, mas ela é espiritualmente muito maior que os olhos físicos podem ver.

 

Em todos os trabalhos os nossos irmãos jaguares nas suas roupagens de índios estão aqui ajudando na missão. Por ordem de Seta Branca eles manipulam dando energia e trazendo forças cósmicas para os mestres. Forças das matas virgens e matas frondosas que pelo povo das águas e aruanda se manifestam no conjunto de integração. As energias vão se integrando no plexo e chakras de todos que aqui recebem o conforto para suas dores.

 

Foi então que estes irmãos vieram me ajudar. Vieram no sentido mais profundo de seus espíritos, pois a terra precisa de ajuda e nós temos que nos abraçar nesta superação dos obstáculos criados pela ação humana. A doutrina se dividiu, mas os filhos não podem se dividir, pois ficarão enfraquecidos diante da vida espiritual. Um missionário sozinho tem muito mais chance de fracassar do que muitos juntos. Em uma aula Tia Neiva já havia demonstrado esta condição humana, mas os próprios homens enterraram suas palavras.

 

A quem vamos ouvir, o céu ou a terra. Tia disse que ela preferiu escutar o céu para que a terra não a contaminasse com as mesmas coisas de sempre, coisas dos encarnados, então ela passou a ouvir mais o que os espíritos falavam a que seus ouvidos físicos escutavam. Para ela foi muito difícil implantar esta nova doutrina do amanhecer, porque todos estavam ainda impregnados pelo materialismo. Só com o tempo é que foram abrindo seus corações para que a energia formasse o aledá em cada coração.

 

Não joguem pro lodo estas pérolas divinas, não se contaminem com a degeneração do físico, pois o físico fica preso na terra e o espírito volta para sua origem, ou dependendo de sua condição ele desce para um plano sem luz.

 

A riqueza que todos têm em suas mãos é um grande farol que está alicerçado nos limites de vossas imaginações, mas que brilha mostrando a direção para os navegantes sem destino e sem rumo. Agora eles têm um ponto de luz para se guiarem e estão vindos de outras galáxias, de outras origens para vos encontrar. Logo chegarão cansados e exaustos para vos agradecer dizendo sem medo de ser feliz, CHEGUEI, EIS ME AQUI EM NOME DO CRISTO SALVADOR.

 

Vai ser uma surpresa para muitos jaguares quando nos trabalhos reencontrarem seus objetivos que é a abertura do espaço tridimensional, o campo da psique espiritual que despertará sob a espada do Cavaleiro Verde Especial. Um poder imensurável do espírito conquistador sem medo da transformação.

 

Cavaleiros Verdes, Cavaleiros Especiais.

 

Salve Deus!

 

Adjunto Apurê

An-Selmo Rá

06.04.2017

Deixe uma resposta